Brasil

Concurso do Senado é autorizado salários vão até R$33.003,05

Serão 40 vagas imediatas mais cadastro de reserva para o quadro efetivo da casa, último edital foi em 2012

diario da manha

Foi divulgado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 03 de outubro, a informação de que o concurso público do Senado Federal 2019 está autorizado.

De acordo com o documento publicado, serão 40 vagas imediatas mais cadastro de reserva para o quadro efetivo da Casa.

As oportunidades serão para candidatos de níveis médio e superior.

De acordo com o texto autorizativo, o concurso do Senado foi autorizado em função dos cargos vagos e o crescente número de servidores com direito a aposentadoria. O que poderia trazer riscos as atividades desenvolvidas no Senado.

Agora, a expectativa é que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, nomeie uma comissão examinadora para o concurso.

O grupo vai ser responsável por elaborar as questões de prova e corrigi-las, quando necessário.

De acordo com Alcolumbre, ainda será aprovado as respectivas instruções e homologação das classificações dos participantes.

De acordo com a portaria que autoriza o concurso do Senado, a Casa ainda poderá chamar além do quantitativo de vagas oferecidas no edital, uma vez que haverá formação de cadastro reserva.

Para isso acontecer, será necessário atender a ordem de classificação do concurso, existência de dotação orçamentária e conveniência administrativa.

De acordo com dados do senador Lasier Martins (Pode-RS), segundo vice-presidente do Senado, a casa conta com 8.736 profissionais trabalhando no senado, sendo 3.691 comissionados, 2.915 terceirizados e 2.130 efetivos. Além disso, a casa conta com 523 estagiários e 135 aprendizes.

O último Concurso do Senado Federal, divulgado em 2012, contou com a organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV), foram oferecidas 246 vagas, porém o certame contou com nomeações além do previsto.

O concurso do Senado Federal 2019

O concurso Senado Federal 2019 foi autorizado para os seguintes cargos:

Técnico Legislativo, Nível II, padrão 21, na especialidade Policial Legislativo, com requisito de escolaridade de nível médio: 24 (vinte e quatro) vagas;

Advogado, Nível III, padrão 41, na especialidade Advocacia, com requisito de escolaridade de nível superior: 4 (quatro) vagas;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Administração, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 (duas) vagas;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Arquivologia, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Assistência Social, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Enfermagem, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Informática Legislativa, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Processo Legislativo, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 (duas) vagas;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Registro e Redação Parlamentar, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia do Trabalho, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia Eletrônica e Telecomunicações, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga.

Comentários