Cotidiano

Guaraná Mineiro construirá fábrica em Aparecida de Goiânia

Indústria, que será instalada em área da Codego, deve gerar seis mil empregos e investir mais de R$ 60 milhões no Estado

diario da manha

Representantes da empresa Refrigerantes Triângulo Ltda, Guaraná Mineiro, solicitaram nesta quarta-feira (13) área de 100 mil metros quadrados dentro do Complexo Empresarial Metropolitano Norberto José Teixeira (CEM), em Aparecida de Goiânia, empreendimento administrado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) e pelo Governo de Goiás, que conta com 2,2 milhões de metros quadrados. A ata da reunião foi assinada pelo presidente da Codego, Marcos Cabral, e demais participantes.

A instalação da indústria deve gerar cerca de seis mil empregos, sendo 1,5 mil diretos e 4,5 mil indiretos. O investimento inicial é de R$ 60 milhões e, com a nova unidade fabril, a empresa vai aumentar em 200% a sua produção total de refrigerantes.

Para o diretor executivo do Guaraná Mineiro, Luerson Ítalo da Silva, a nova área atende os objetivos da empresa. “É bom ressaltar que hoje nós conseguimos enxergar a possibilidade de assentamento da fábrica em um terreno que a gente tem esse suporte em torno de 100 mil metros quadrados. Nós queremos agradecer ao presidente Marcos Cabral e ao governador Ronaldo Caiado, que fizeram com que esse procedimento caminhasse de forma célere. Notamos que a empresa perdeu o viés político e obteve efetividade. Agora estamos colhendo os frutos desse trabalho.”

A reunião com o presidente da Codego, Marcos Cabral, contou com a presença, além do diretor executivo do Guaraná Mineiro, Luerson Ítalo da Silva, do secretário municipal da Fazenda de Aparecida de Goiânia, André Luiz Ferreira da Rosa, e de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Gonzaga Caldas, do presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), José Luiz Celestino de Oliveira, e do presidente da Associação do Polo Empresarial de Goiás (Apolo), Alexandre Barros.

Hoje, o Guaraná Mineiro tem a segunda maior participação no mercado de Goiás. A produção do refrigerante tem 42% do seu consumo no Estado, que possui excelente localização geográfica e uma política séria de incentivos fiscais.

CEM
O Complexo Empresarial Metropolitano possui uma área total de mais de 2,2 milhões de metros quadrados e irá receber empresas de todos os ramos – industrial, comercial ou de prestação de serviço. O CEM fica próximo ao Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) de Aparecida, na Região Leste do município, com fácil acesso à BR-153.

Comentários

Mais de Cotidiano