Cotidiano

Polícia Civil prende investigado por pornografia infantil pela internet

As investigações iniciaram quando a mãe de uma criança resolveu procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia

diario da manha
Foto: Reprodução

A Polícia Civil, por meio das Delegacias de Polícia (DP) de Goianésia e Nova Glória, cumpriu na segunda-feira (31) mandado de busca e apreensão na residência de um homem, 34 anos, no Distrito de Jardim Paulista, em Nova Glória, local onde ele também foi preso em flagrante.

O homem é investigado pela prática de crimes envolvendo pornografia infantil pela rede mundial de computadores.

As investigações iniciaram quando a mãe de uma criança de apenas 11 anos resolveu procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Goianésia e noticiar que um homem, até então não identificado, estaria aliciando/assediando sua filha pela rede social conhecida como Instagram.

Após trabalho de inteligência, a Polícia Civil descobriu a identidade do homem e representou pela busca e apreensão na residência dele.

O decorrer do caso

No decorrer do cumprimento do mandado de busca, os policiais civis encontraram armazenados, nos diversos aparelhos eletrônicos (smartphones e computadores) do investigado, imagens e vídeos pornográficos envolvendo crianças/adolescentes.

Assim sendo, o homem foi encaminhado à Delegacia de Ceres, onde foi autuado em flagrante pelo crime de vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O suspeito também responderá a inquérito policial instaurado pela Deam de Goianésia pelo crime previsto de satisfação de lascívia mediante presença de criança ou adolescente.

Os prints das conversas pelo Instagram

*Com informações da Polícia Civil

Comentários