Cotidiano

Felipe Neto diz ter sido cobrado em R$ 17 mil por consulta de cinco minutos nos EUA

Em publicação feita ontem (1º) no Twiter o youtuber pediu que os seguidores 'defendam o SUS'

diario da manha
Foto: Reprodução

O influenciador digital Felipe Neto publicou ontem (1º) no Twitter uma experiência que teve com o setor sanitário dos Estados Unidos em 2019. Ele foi cobrado em cerca de R$ 17 mil após uma consulta de cinco minutos, em que o profissional de Saúde receitou um anti-inflamatório. As informações são da revista IstoÉ.

Na postagem, o youtuber, considerado uma das cem pessoas mais influentes do mundo em 2020 pela revista Time, pediu que defendam o Sistema Único de Saúde (SUS), sistema público de Saúde do país.

“Ano passado fiquei doente nos EUA e fui ao hospital. O médico me atendeu por cinco minutos e me passou anti-inflamatório. Me cobraram US$ 800 [o equivalente a R$ 4,5 mil reais]! Paguei”, explicou.

“Dois meses depois, me mandaram cobrança residual de US$ 16 [o equivalente a R$ 90]. Paguei. Dois meses depois, disseram que faltou pagar US$ 500 [R$ 2,8 mil]. Não paguei”, completou. Agora, ele mostrou uma cobrança de US$ 2,2 mil (R$ 12,4 mil), de acordo com a matéria.

Comentários