Cotidiano

Socorrista morre ao tentar salvar vítimas de acidente

Um guincho foi usado para levantar a estrutura da carreta, que acabou cedendo e caindo em cima da socorrista.

diario da manha

Na ultima terça-feira (1) a socorrista da concessionária Arteris Fernão Dias, Cirlene Aparecida de Souza, de 47 anos, morreu esmagada por uma carreta quando tentava salvar a vida de duas vítimas de um acidente no km 525 da BR-381, na região de Brumadinho (MG). Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), o veículo bateu em um barranco e tombou.

Os profissionais da Arteris, iniciaram o atendimento antes de os militares chegarem ao local do acidente, eles usaram um guincho para levantar a estrutura da carreta, que acabou cedendo e caindo em cima da socorrista.

Acidente no km 525 da BR-381, em Brumadinho (MG), deixou feridos; uma socorrista morreu - Divulgação/CBMMG

A funcionaria não resistiu aos ferimentos e a morte foi constatado ainda no local da tragédia. O casal que estavam na carreta não teve ferimentos graves, a mulher que está gestante foi conduzida para o Hospital Regional de Betim na aeronave Arcanjo do Corpo de Bombeiros. O homem foi levado ao hospital em uma ambulância.

A concessionária que Cirlene trabalhava, se manifestou sua solidariedade aos familiares. A Fernão Dias e a BR Vida prestam à assistência necessária aos familiares neste momento.

Em uma nota, a Arteris Fernão Dias informou que Cirlene faleceu enquanto trabalhava em favor da vida. E lamentou sua morte.

*Informações do UOL.

Comentários