Cotidiano

Suspeito de matar homem a facadas em DF é preso

Imagens das câmeras de segurança da região mostram que o suspeito e a vítima discutiram na rua. O homem morre no local

diario da manha

O caso ocorreu em 18 de janeiro, por volta das 10h30, na região de Riacho Fundo 2, no Distrito Federal (DF). Imagens das câmeras de segurança da região mostram que o suspeito e a vítima discutiram na rua.

O rapaz de 18 anos, e Sydney Alvez Zambrota, de 44 anos, tiveram um desentendimento. O jovem que estava armado com uma faca, acerta o golpe na região do abdômen da vítima, e em seguida vai embora. Pouco tempo depois, Sydney cai no chão e morre no local. O momento do homicídio foi filmado.

Somente nesta quarta-feira (24), um mês depois do crime, o investigado foi encontrado em uma casa no setor Sol Nascente. Aos policiais, ele relata que agiu em legítima defesa. O jovem responderá pelo crime de homicídio qualificado. Ele foi levado ao sistema penitenciário, e se condenado poderá receber pena de até 30 anos de prisão.

Homicídios no Brasil

Em comparação ao ano de 2019-2020 a taxa de homicídios do país aumentou em 7%.

Relatórios do Fórum Brasileiro de Segurança Pública retrata que no primeiro semestre de 2019, o Brasil apresentou 24,012 mil mortes por homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes por policiais. No ano de 2020 esse número passou a ser 25,712 mil pessoas.

Dentre os estados mais recorrentes, a região do nordeste é a maior. O Ceará está dentre os primeiros a serem citados na lista dos mais violentos. No primeiro mês de 2021, no Distrito federal a quantidade de homicídios cresceu 34% do que no ano de 2020.

Apesar do aumento nos casos, entre 2020 e 2019 houve uma redução de 10% nas ocorrências de homicídios no país.

Comentários