Cotidiano

Casas noturnas são fechadas em São Paulo

Nos estabelecimentos serão autuados por desrespeito às medidas protetivas contra a Covid-19 do estado

diario da manha

Na madrugada desta quinta feira (18), equipes de fiscalização do governo, interditaram festas clandestinas em São Paulo. Foram fechadas a boate Bahamas, de Oscar Maroni, na Zona Sul, e uma casa noturna na Zona Norte. Os estabelecimentos foram autuados por estarem desrespeitando as medidas restritivas do estado.

Em São Paulo, foi considerado fase vermelha e apenas estabelecimentos essenciais podem funcionar. No entanto, na boate Bahamas, 54 pessoas foram encontradas, oito eram frequentadores e os demais eram funcionários. No local ninguém usava máscara de proteção.

Já o empresário Oscar Maroni, afirmou que o estabelecimento está em funcionamento porque não é uma casa noturna, mas sim um hotel.

Na Zona Norte, a vez foi de uma tabacaria. No local havia 44 jovens, sendo 16 deles sem máscaras e dividindo narguilés. A festa havia sido divulgada nas redes sociais.

Sendo assim, em ambos os locais, todas as pessoas presentes foram levadas até a delegacia. A equipe de fiscalização informou que as casas noturnas devem ser autuadas e pagaram multas por desrespeito às regras da Vigilância Sanitária.

Leia também:

Comentários