Cotidiano

Feriado de páscoa e as novas medidas durante a pandemia

Com um ano de pandemia, população terão que passar mais um domingo de páscoa, em casa

diario da manha
FONTE/Prefeitura de Dias d'Ávila. Estados determinam medidas mais rígidas no feriado.

Devido o aumento nos casos de covid-19 no Brasil, alguns estados já estão tomando providências para evitar que o indicie de infecção seja maior durante o feriado.

No Espírito Santo, o governo estendeu o Lockdown de iria até 31 de março, para o domingo de páscoa, 4 de abril. A quarentena visa controlar o aumento da contaminação e disseminação do vírus. Por isso, na semana que antecede o feriado, atividades que são consideradas essências também serão paralisadas no ES. Como o transporte coletivo e o ferroviário, comercio atacadista, bancos, lotéricas e oficinas. Elas estarão proibidas de funcionamento a partir do dia 28 de março.

No estado de Minas, O governo também se reuniu para manter a “Onda roxa” até o final da semana santa. A decisão que prorroga o fechamento por mais dias da cidade, foi realizada na quarta-feira (24).

Os dados atuais da situação da pandemia no estado de Minas, mostra que a taxa de incidência da covid-19 vem aumentando, chegando a 42% nas ultimas duas semanas. O que preocupa, pois nos próximos dias os números de internações também podem subir. Nas ultimas semanas, houve o aumento de 6,1% no número de casos e de 6,8% nos óbitos, a taxa positiva da situação geral está avaliada em 43%.

“Ficou decidido, que o estado vai prolongar até o domingo de páscoa a onde roxa. Iremos prolongar os 15 dias já estabelecidos previamente para que a gente garanta que a incidência do estado caia e menos pacientes fiquem esperando por leitos nos hospitais”, afirma Fábio Baccheretti, o secretário de saúde de MG.

No Litoral do Paraná, barreiras sanitárias nas rodovias de acesso ao litoral também serão mantidas até 4 de abril. A Associação dos Municípios do Litoral do Paraná (Amlipa) informa que as medidas poderão ser prorrogadas se a fase crítica da pandemia da Covid-19 continuar.

As barreiras instaladas na Br-227, tentam conter o avanço da Covid nas cidades litorâneas. Portanto a associação (Amlipa) determinou que apenas moradores e pessoas que estiverem a trabalho poderão entrar nos municípios do Paraná, Curitiba.

No Rio de Janeiro o feriado prolongado começa hoje (26), com duração de dez dias, finalizando no domingo de Páscoa. Segundo o governo do Rio, a finalidade é frear a expansão da coronavírus no estado.

Por isso, são dois sábados, dois domingos e seis dias de feriados. Que dessa forma, inclui a sexta-feira santa (2), e a antecipação de dois feriados de abril, Tiradentes, que seria no dia 21, e São Jorge, no dia 23. Além da criação de três feriados extraordinários.

Praias de todo o estado estarão fechadas e algumas cidades turísticas também apresentaram restrição de entrada para não moradores. Em alguns municípios, as regras são ainda mais rígidas. Não serão permitidos que bares, restaurantes e quiosques de praia, abram para clientes. Serão permitidos apenas para entregas, drive thru e coleta de refeições para consumo em casa.

A própria capital está proibindo a entrada de ônibus fretados. Além disso, outros estabelecimentos como, casas de shows e boates, deverão permanecer fechadas durante o feriadão. Na cidade ônibus regulares e o metrô podem funcionar normalmente.

Leia também

Comentários