Cotidiano

Vereador é suspeito pela morte do enteado

O pai do garoto, Leniel de Almeida Henry foi prestar depoimento e falou que naquela noite do recebeu a ligação de sua ex mulher relatando que o filho estava sem respiração e foi levado ao Hospital

diario da manha

O vereador Jairo Souza Santos Júnior e sua namorada, Monique Medeiros prestaram depoimento sobre o óbito do filho dela, Henry Borel Medeiros, de quatro anos. Tudo começou por voltas das 04:30 na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro no dia 8 deste mês.

Henry se encontrava sem sinais vitais quando foi levado ao hospital. De acordo com Jairo, o menino havia feito um barulho estranho enquanto dormia. Segundo médicos da unidade, ele apresentava dificuldades para respirar.

De acordo com o laudo pericial, o corpo apresentava hemorragia interna e laceração hepática, além de traumatismo craniano. Segundo o médico legista, Nelson Massini, as lesões têm acentuado grau de força, o que pode ter provocado os sangramentos.

“As lesões são em várias regiões do corpo foram provocadas por instrumento contundente”, afirma o legista.

O pai do garoto, Leniel de Almeida Henry foi prestar depoimento e falou que naquela noite do recebeu a ligação de sua ex mulher relatando que o filho estava sem respiração e foi levado ao Hospital. Imediatamente Leniel foi até o local e onde levantou suspeitas do fato ocorrido. No entanto, as autoridades seguem apurando os fatos.

Comentários