Cotidiano

Chip da beleza se populariza no mundo das mulheres

diario da manha

Você á ouviu falar sobre o ‘Chip da Beleza’? É isso mesmo! Ele é um implante que promete ajudar a eliminar a gordura corporal e favorecer o ganho de massa muscular. Ele também foi criado para tratamento de endometriose, uma vez que ele alivia os sintomas e corta o ciclo menstrual.

O uso deve ser recomendado sempre por um Endocrinologista ou ginecologista. Mesmo que para fins estéticos, um profissional deve ser consultado, já que o mal uso pode acarretar em efeitos colaterais.

Mas afinal, como ele funciona? O chip da beleza é implante de silicone, colocado por baixo da pele abdômen ou do glúteo. O mesmo possui uma combinação de hormônios que são liberados diariamente na corrente sanguínea.

Os resultados positivos são notórios a partir da combinação de uma boa alimentação e atividades físicas. O implante auxiliará na perda de gordura, na eliminação da celulite e no ganho da massa muscular. A composição hormonal também influenciará na redução dos sintomas da TPM, tem efeito contraceptivo, corta a menstruação e aumenta a libido.

O chip tem efeitos colaterais?

Como qualquer medicamento sem o acompanhamento médico, o chip da beleza também tem suas contra indicações. Excesso de pelos no corpo e no rosto, queda de cabelo, aumento da acne, colesterol alto e sangramento fora do período menstrual. Portanto, a visita ao médico é de extrema importância.

Há também algumas pessoas que o chip não é recomendado. São elas: pessoas com doenças cardíacas, colesterol alto, obesidade, alterações no fígado e nos rins, diabéticas, gravidas ou lactantes.

Leia também:

tags:

Comentários