Cotidiano

Polícia cumpre mandado contra o homem que chamou porteira de macaca, em Goiânia

Mandados são expedidos ao homem que ameaçou e humilhou porteira em Goiânia

diario da manha
Imagem/Polícia Civil de Goiás

A Polícia Civil do Estado de Goiás cumpriu na manhã de hoje (29), mandados de buscas em investigação no apartamento do homem que fez injúria racial e ameaças contra uma porteira de um edifício residencial em Goiânia. O caso ocorreu no dia 18 de abril deste ano.

Mandato de busca no apartamento do Autor das ameaças contra a porteira – Imagens/ Polícia Civil

O mandato de busca e apreensão aconteceu na residência do investigado, no Jardim Goiás, onde foram encontradas e apreendidas quatro armas de fogo. Na residência ainda estavam apenas sua filha e sogra, as quais confirmaram a propriedade das armas por parte do investigado.

O caso, de bastante repercussão nas redes sociais, é de investigação pelo 8ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Goiânia. Em apoio também à 8ª DDP, a Polícia Civil do Mato Grosso está cumprindo mandado de busca e apreensão na propriedade rural do autor, no município de Cocalinho, onde as diligência estão em andamento.

Armas encontradas no cofre da casa do Autor. Imagens/Polícia Civil

Sobre o caso

O caso aconteceu no mesmo prédio em que o homem mora. A porteira não quis ser identificada. Ela relatou que a discussão começou porque o morador chegou de carro em frente ao portão da garagem e piscou os faróis, querendo entrar sem se identificar. Segundo ela, pela ética do trabalho, ela não poderia abrir para qualquer um que fizesse um sinal e que precisava que o homem se identificasse, foi ai que o homem se irritou.

“Grava, macaca! Chimpanzé! Chipanga! Me encara, desgraça” “Porque você não presta, desgraça. Você é uma merda, abaixo de zero”, diz o homem na frente da vítima, enquanto ela filmava.

Depois de voltar do apartamento dele, o homem, que diz ser policial, ameaça resolver a situação de outra forma: “Vou meter minha arma na cintura e vou aí resolver”. Entenda o caso completo.

Comentários