Cotidiano

Ameaças: Polícia Civil de Guapó cumpre mandado de busca e medida cautelar em SP

O homem é acusado de exigir por meio de ameaças, que uma mulher mandasse fotos e vídeos nua para ele.

diario da manha

A Polícia Civil de Guapó , com o apoio da Polícia Civil de São Paulo, através do GOE DEIC de Bauru SP, cumpriu nesta quinta-feira (6), um mandado de busca e apreensão e medida cautelar diversa da prisão contra um homem de 26 anos. Ele é acusado de exigir, por meio de ameaças, que uma mulher mandasse fotos e vídeos nua. O crime ocorre há três anos, desde que a vítima, tinha 15 anos de idade.

Segundo a investigação, o suspeito conseguiu as fotos e vídeos, quando manteve um relacionamento através da internet com a adolescente, após a vítima não querer mais, manter a relação, o homem criou vários perfis “fakes” e a partir de então exigia mais fotos com ameaças de divulgar as que ele tinha na cidade da vítima, por vingança.

A vítima, é da cidade de Guapó e o suspeito, da cidade de Bauru SP, cerca de 800 km de distância. De acordo com a investigação, os dois se conheceram através de rede social.

Segundo a polícia, quando a vítima o bloqueava, o suspeito utilizava falsos perfis , procurava as amigas da vítima e divulgava os vídeos íntimos. O suspeito chegou a criar um site de notícia na cidade de Guapó para divulgação dos vídeos, além de divulgar através de sites pornograficos.

De acordo com a investigação, a vítima chegou a tentar suicídio, e após 3 anos, com o apoio de sua atual sogra, procurou a delegacia de Guapó, que começou a investigar e, comprovou que todos os perfis eram do suspeito.

Foi cumprido mandado de busca e apreensão e o notebook e o aparelho celular do suspeito, foram apreendidos para perícia. O suspeito não pode se comunicar com a vítima. O homem confessou o crime.

Polícia apreende aparelhos de suspeito de divulgação de conteúdo pornográfico.
Foto: Divulgação.

Ele está sendo investigado pelo crime de revange porn e divulgação e transmissão de imagens e vídeos de conteúdo pornográfico, terá seus objetos apreendidos periciados para saber se há mais vítimas.

Comentários