Cotidiano

Jataí: Padrasto é denunciado por vizinhos por agredir enteado por ele ser homossexual

diario da manha
Print/Imagens: TV Anhanguera

O padrasto de um adolescente, de 14 anos, foi denunciado pelos vizinhos por agredir o jovem. O motivo das agressões é pelo fato do rapaz ser homossexual, o caso aconteceu em Jataí, na região sudoeste do estado.

De acordo com as informações da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), foi por meio de uma denúncia anônima, que os policiais tomaram conhecimento das agressões contra o rapaz, e que estas ocorrem todos os dias.

Os denunciantes disseram que há pelo menos quatro anos ouve os gritos de dor do adolescente durante as agressões, e que elas são diárias. De acordo com as informações divulgadas, o Conselho Tutelar foi acionado para atender a ocorrência, mas nada foi feito.

Vizinhos gravaram um áudio das agressões do Padrasto ao enteado na última terça-feira

Vizinhos do adolescente são testemunhas das agressões, pois, a maioria deles relatou ter ouvido os gritos do jovem durante o momento que o mesmo era agredido pelo padrasto. Um dos denunciantes inclusive gravou um áudio, na última terça-feira, 4, no momento que o rapaz era agredido pelo padrasto por volta das 00h.

No áudio gravado pelo vizinho, o padrasto além de agredir o enteado por não aceitar que o mesmo é homossexual, chega a ameaçar o jovem, caso ele não mude seu jeito.

Na residência onde padrasto e enteado moram, residem outra três pessoas, a mãe do jovem, e duas filhas do padrasto. A pessoa responsável pela denúncia informou a equipe policial que o adolescente lhe enviou uma carta, na qual fala sobre as agressões e pede ajuda.

O caso é investigado agora pela 1ª Delegacia Distrital de Jataí.

Comentários