Cotidiano

PC prende 2 irmãos suspeitos de vender drogas em residência

Os detidos promoviam com o tráfico intensa movimentação de usuários na região

diario da manha

Políciais Civis do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia, Entorno do Distrito Federal, prenderam nesta terça-feira (11), em flagrante, dois irmãos, no momento em que traficam drogas em sua residência, no setor Jardim Juleika.

Os agentes realizavam diligências no local, relacionados a uma outra investigação conduzida pelo grupo, quando perceberam intensa movimentação de usuários de droga, em uma residência próxima ao local.

Segundo o delegado titular do Gepatri, Carlos Alfama: “O movimento chamou a atenção dos políciais que já haviam, antes, percebido a frequência, quase diária, de entrada e saída de usuários de drogas de uma residência específica, assim como a permanência de um dos moradores na esquina da casa”, confirmou Alfama.

Os agentes avistaram o mesmo morador na esquina, sentado em uma cadeira, próximo a um pequeno entulho de obra. Quando em busca no local, encontraram 12 (doze) porções fragmentadas e embaladas de maconha.

Os políciais em apuração dos fatos e, mediante investigação, constataram que o local se tratava de um ponto de venda de drogas.

Ainda conforme Alfama, “na residência, foi encontrado seu irmão e foram apreendidas mais de cinquenta e uma porções já fragmentadas e embaladas de maconha, assim como um tijolo do mesmo entorpecente, uma balança de precisão e a quantia aproximada de novecentos reais. A droga estava escondida no quarto do primeiro preso, embaixo do travesseiro do berço, onde ficava a filha de cerca de um ano de idade”.

Os irmãos foram detidos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa para o tráfico e encontram- se recolhidos na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia, à disposição do Poder Judiciário.

Comentários