Cotidiano

Caiado diz à CPI que fez alertas contra kit Covid

"em momento algum a Secretaria de Saúde de Goiás (SES) incentivou a utilização de medicamentos sem a devida comprovação científica" e que fez alertas sobre o uso de kit Covid.

diario da manha

O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou, em ofício encaminhado à CPI da Covid do Senado, que “em momento algum a Secretaria de Saúde de Goiás (SES) incentivou a utilização de medicamentos sem a devida comprovação científica” e que fez alertas sobre o uso de kit Covid.

O governo estadual respondeu a documento encaminhado a todos os governadores, pela CPI, com solicitação de informações sobre os protocolos medicamentosos utilizados no tratamento de pacientes com Covid-19.

O governador ressalta que o Estado nunca adquiriu com recursos próprios medicamentos para o chamado tratamento precoce (que não existe) “por não haver comprovação cienfica de eficácia, não haver benefícios comprovados para os pacientes e devido ao risco de causar efeitos colaterais indesejados”.

O Estado afirma que recebeu cloroquina do governo federal e fez a distribuição aos municípios, conforme orientação do Ministério da Saúde. “A atuação do Estado de Goiás ficou restrita à redistribuição de medicamentos aos municípios, conforme orientação do Ministério da Saúde, ficando a critério de cada município o protocolo de utilização daqueles remédios. A atuação foi, então, baseada integralmente em estudos e evidências, sempre com muita responsabilidade com a atividade prestada”, diz.

Comentários