Cotidiano

Prefeitura encerra campanha contra vírus sincicial respiratório

Secretaria Municipal de Saúde, encerrou, ontem, a campanha contra o vírus sincicial respiratório (VSR)

diario da manha
Foto: Divulgação - DP

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, encerrou, ontem, a campanha contra o vírus sincicial respiratório (VSR). O agente é um dos maiores causadores de doenças respiratórias em recém-nascidos e bebês de até dois anos, cuja prevenção se dá pelo Palivizumabe. O encerramento da aplicação do medicamento aconteceu às 8h, na Farmácia de Medicamentos Especiais da SMS.

O VSR é responsável por até 75% das bronquiolites (infecção dos brônquios) e 40% das pneumonias de março a julho. Por isso, a aplicação do Palivizumabe, anticorpo de maior eficácia comprovada, se deu ao longo de cinco meses, protegendo as crianças no período de circulação do vírus. O público alvo são bebês prematuros e crianças menores de dois anos com displasia broncopulmonar ou cardiopatias congênitas significativas.

A dose de Palivizumabe a ser aplicada é calculada de acordo com peso da criança, por isso, a admistração se dá em formato de campanha. Assim, os pacientes são agendados ao longo do dia, de forma a evitar o desperdício do medicamento. A primeira dose foi aplicada em fevereiro, sendo repetida mensalmente até finalizar em junho, protegendo a criança por mais 30 dias.

Comentários