Cotidiano

Senador Canedo faz 32 anos com retomada do desenvolvimento e de melhorias na vida da população

O prefeito Fernando Pellozo comemora a história do Município lembrando que ele nasceu com a vocação de abrigar pessoas vindo de todas as partes do Brasil

diario da manha

A gestão do prefeito Fernando Pellozo comemora o aniversário do município de olho no futuro de desenvolvimento que está planejado e está sendo executado em Senador Canedo

Nesse 1º de junho, Senador Canedo faz 32 anos de emancipação política. Um dos munícipios que mais cresce na Região Metropolitana da capital, há tempos se destaca não só pelo ganho econômico, mas também por ser um local onde muitos escolheram para viver, sonhar e construir uma cidade única. Na gestão atual, com o prefeito Fernando Pellozo, a cidade vive hoje a esperança de retomar o crescimento e desenvolvimento que experimentou nos anos em que foi administrada pelo senador Vanderlan Cardoso, quando a cidade perdeu a fama de cidade dormitório e passou a ser um dos Municípios que mais geraram emprego e renda em Goiás e no Brasil.

A origem de Senador Canedo se mistura à história de grandes personalidades, como a do primeiro político goiano que foi para o Senado Federal. De acordo com registros, pertencia ao senador Antônio Amaro da Silva Canedo, as terras que hoje é Senador Canedo, nos primeiros anos do século XX. Nas décadas de 30 e 40, estas propriedades ganharam outros donos, em que a atividade agropecuária se destacava, a região tornou-se rota das grandes boiadas, que saíam do norte do País ou do norte do estado de Goiás e eram conduzidas em direção à região Sudeste. Eram duas regiões onde eram os pousos das boiadas. A região do Bonsucesso (até hoje conhecida como Batata) e a região Bonito, que é divisa com o município de Bela Vista de Goiás.
Foi em 1953 que Senador Canedo deixou de ser apenas um povoado e foi elevado à condição de Distrito de Goiânia. Surgiu, então, o residencial Jardim Todos os Santos, nas terras do Padre Peclat. O religioso construiu a primeira igreja da cidade, a Igreja de Todos os Santos, e loteou e vendeu suas terras, que formaram o bairro, por um preço popular e dividido em muitas parcelas, favorecendo as pessoas com poucos recursos. No início da década de 1980, a cidade experimentou mais um crescimento populacional, com a chegada do transporte coletivo e também do projeto Goiás Hortigranjeira, aumentou a demanda por novas escolas de ensino fundamental.

O prefeito Fernando Pellozo comemora a história do Município lembrando que ele nasceu com a vocação de abrigar pessoas vindo de todas as partes do Brasil e com a facilidade de atrair grandes empresas, gerando bem-estar e qualidade de vida para a população. “A proximidade com a capital e a abundância de terras sempre favoreceu nosso município. Nos tornamos um Município com potencial de atrair empresas, condomínios, e com uma forte vocação para o comércio e serviço. Isso colocou Senador Canedo em posição de destaque entre os Municípios que orbitam Goiânia. Agora, nossa gestão trabalha para cuidar das pessoas, fazendo com que os avanços que a cidade precisa se transformem em benefícios pra a população. Os avanços de Senador Canedo irão refletir em melhora na vida das pessoas”, explicou.
Emancipação e desenvolvimento

O processo de emancipação da cidade de Senador Canedo se deu no dia 1º de junho de 1988. A cidade, em termos geoeconômicos, apresenta uma localização privilegiada, com acesso aos principais centros de distribuição de passageiros, cargas e de comercialização. Localidade de fácil acesso a importantes rodovias de integração estadual e federal, ao Porto Seco de Anápolis e ao Aeroporto Santa Genoveva de Goiânia, que são os principais centros de distribuição do Estado. Referência fundamental para escolha do munícipio como sede do Terminal da Transpetro, subsidiária da Petrobrás, e consequentemente do maior Polo Petroquímico da Região Centro Oeste.

Fernando Pellozo lembra que o município teve grandes gestores, e que muitos contribuíram para o avanço da cidade. Ele destaca a administração do ex-prefeito Vanderlan Cardoso, que assumiu a prefeitura em 2005 e, a partir daí, transformou a história de Senador Canedo. “É inegável que existe uma Senador Canedo antes e uma depois do Vanderlan. Ele assumiu o município com o objetivo de mudar a cidade e trazer o desenvolvimento que o canedense merece. E ele conseguiu mais que isso. Ele colocou Senador Canedo na situação de um dos municípios mais prósperos de Goiás”, relembrou.

Pellozo conta, ainda, que sua missão na prefeitura é dar continuidade ao que foi realizado por Vanderlan. “Queremos fazer uma gestão de continuidade do que foi feito pelo senador Vanderlan. A população foi deixada de lado e nós estamos trabalhando para atender a necessidade dos canedenses, dando qualidade de vida para a nossa gente. Vamos atrair mais empresas, retomar as obras paradas, gerar novos postos de trabalho, e fazer com que a cidade retome o crescimento experimentado nessa época. Estamos colocando a casa em ordem e, assim, teremos condições de retomar o crescimento e o desenvolvimento que vai melhorar a vida das pessoas”, disse o prefeito.

Senador Canedo tem potencial para ocupar uma posição de ainda mais destaque no cenário econômico estadual e até nacional. O prefeito Fernando Pellozo explicou que está fazendo os reparos e ajustes que o Município precisa e que, depois de organizar a administração, terá condições de colocar Senador Canedo no lugar que ela merece.

“São apenas 5 meses e, nesse período, foi preciso trabalhar muito para fazer os ajustes que a Prefeitura precisava. Mas nosso projeto é ousado e temos a certeza de que a população vai ser beneficiada com o trabalho da atual gestão. Vamos atrair novas empresar, gerar emprego, melhorar a educação, construir o hospital municipal, entregar as unidades de saúde que estavam deterioradas e que estão em reformas. São muitas ações que farão a cidade avançar e a vida do canedense melhorar. Nos próximos aniversários de Senador Canedo já teremos, novamente, uma população orgulhosa de morar aqui. O desenvolvimento vai voltar para Senador Canedo. Então, parabéns ao nosso município pelos seus 32 anos. Não vamos retroceder, agora vamos apenas avançar”, explicou o prefeito Fernando Pellozo.

Comentários