Cotidiano

Força-tarefa de Aparecida encerra nove festas clandestinas nesta madrugada

Foram apreendidos no total 7 carros com som automotivo e 2 caixas de som mecânico.

diario da manha

Em mais uma noite de fiscalização para garantir o cumprimento das regras sanitárias e portarias de combate a transmissão da Covid-19 em Aparecida, os fiscais encerraram nove festas clandestinas na cidade. Em uma delas, no setor Vale do Sol, 49 pessoas foram multadas por não uso de máscara e foram apreendidos um carro com som automotivo e uma caixa de som mecânico por perturbação do sossego.

Durante toda a madrugada deste sábado para domingo, 24 e 25 de julho, os fiscais da Semma, Vigilância Sanitária, Posturas, Regulação Urbana e Guarda Civil Municipal, sob a coordenador do Gabinete de Segurança Institucional, visitaram 58 locais entre bares, distribuidoras e endereços recebidos por denúncia de moradores nos canais da prefeitura. Foram apreendidos no total 7 carros com som automotivo e 2 caixas de som mecânico. Ao todo, 55 pessoas foram multadas por não uso de máscara, sendo 49 apenas na festa do Setor Vale do Sol.

Em uma das apreensões de carro com som automotibo, no Parque das Nações, o volume da música ultrapassou os 80 decibéis, quando no período noturno é permitido apenas 55. Já em uma festa clandestina no Jardim Dom Bosco, o volume da caixa de som ultrapassou os 86 decibéis. “Temos recebido muitas denuncias de moradores, maioria vizinhos aos locais de festas, residenciais e em espaços de eventos, reclamando do volume alto da música, desrespeitando os limites da lei”, comentou o sub-coordenador da fiscalização, Delazaro Gomes.

As denúncias de festas clandestinas, aglomerações ou perturbação do sossego podem ser feitos pelos telefones 3545-5992 ou 153; 3238-7216 ou 98459-1661.

Leia também:

Comentários