Cotidiano

Monitoramento no Parque Nacional das Emas, identifica que não há chamas no local

Segundo o corpo de bombeiro o monitoramento do parque deve continuar, apesar de não ter novos indícios de fogo

diario da manha
Foto/reprodução

Ontem (14) alguns Drones sobrevoaram o Parque Nacional das Emas, e conclui-se até o momento, que não há novas chamas no local. Segundo o corpo de bombeiros, ainda há brasas, mas não indícios de novas chamas. Já são mais de 30 mil hectares, de cerrado, que foram destruídos pelo fogo. O monitoramento deve continuar.

“O fogo de vegetação em cerrado tem muito tronco. O monitoramento não pode parar. Ontem, demos pico de 37 km/h de vento. Temos que tomar esse cuidado”, disse o capitão Eduardo Tracz.

Desde que o fogo se espalhou na sexta-feira (09), por causa de problemas técnicos nos caminhões usados para apagar o fogo, já foram consumidos cerca de 20% da vegetação do parque. Já monitoramento feito é quase 50% ao combate para que o fogo não avance.

“Primeiro a gente faz o combate e depois o desmatamento, ou seja, o rescaldo. Nenhum foco foi detectado, nem fumaça, nem calor”, informou o major Ricardo Carrijo.

O combate a queimada conta com a mais nova equipe da Força Nacional de Combate a Incêndios. Já os novos monitoramentos do Parque será observado por 50 brigadistas do Instituto Chico Mendes (ICMBio). Como não há novas chamas militares de Goiânia e do Mato Grosso do Sul, que atuavam no local, estão voltando para suas casas.

Com informações do G1*

Leia Também

Comentários