Cotidiano

Padre insinua que "esquerdistas são anticristãos" durante missa

A missa estava sendo transmitida ao vivo quando o Padre disse que esquerdistas são contra a igreja

diario da manha
Foto: Reprodução/Paróquia São Paulo VI/Youtube

Durante uma homilia na Santa Missa da Paróquia São Paulo VI, em Iporá, o Padre Pablo Henrique de Faria, 43, afirmou que movimentos de esquerda são anticristãos.

A missa estava sendo transmitida ao vivo no dia 9 de julho, e no momento ele refletia sobre uma passagem da Bíblia que metaforicamente fala sobre os lobos que querem destruir a igreja.

Porém, ele relacionou os “lobos” do trecho com os que compartilham a ideologia da esquerda no Brasil, o fato gerou grande repercussão na web.

“Nós estamos vivendo o momento mais dramático que eu já vi. Eu não poderia imaginar, há 10 anos, o que estamos vivendo hoje. É assustador. E que fique bem claro: movimentos esquerdistas são anticristãos. Se você é esquerdista, desses partidos, converta-te. Não é cristão, caramba! Não misture”, alegou ele.

O Padre é abertamente de direita e apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e em seu perfil no Instagram publica fotos com mensagens de índole convervadora, como aborto, defesa do voto impresso, identidade de gênero, entre outros.

Pablo ainda criticou a comunidade LGBTQ+. “Eles (os esquerdistas) agem o tempo inteiro para a imoralidade, para destruir a família, os valores cristãos. Os coitados dos homossexuais, usados de massas de manobra, criam todas essas manifestações contra a moral”, argumentou.

Em entrevista ao site Metrópoles, ele disse que houve erro de interpretação. “Quando me refiro a “movimentos esquerdistas” me refiro a levantar bandeiras para partidos de esquerda independente da pauta que defendem. Esse erro pode ocorrer também no outro extremo, quando se defende cegamente pautas de direita sem avaliá-las criticamente, usando a fé e a moral cristã, o que poderia ser chamado de “movimento direitista”, aifrmou.

Leia também

Comentários