Cotidiano

Partidos de olho na majoritária do DEM

No terceiro ano de mandato, no meio de uma pandemia e após dois primeiros anos voltados para a recuperação financeira do estado, Ronaldo Caiado (DEM) vislumbra 2022

diario da manha

No terceiro ano de mandato, no meio de uma pandemia e após dois primeiros anos voltados para a recuperação financeira do estado, Ronaldo Caiado (DEM) vislumbra 2022 bem avaliado e com a perspectiva de ter que decidir, dentre muitas boas opções, como vai articular a chapa majoritária para sua reeleição. Há, pelo menos, três frentes muito fortes trabalhando para compor com o governador. Uma delas é formada pelo MDB e 27 de seus prefeitos, que já se mobilizam para indicar o seu presidente, Daniel Vilela, para a vice, e convencer o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, a abraçar o projeto. Outra frente fortíssima é do atual presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB) que é responsável por uma sólida parceria com o governo estadual e possui o apoio de, ao menos, 50 prefeitos que devem se reunir na primeira semana de agosto para lançar o nome do deputado como preferido para compor a chapa como vice. Na fase de “fortes sinais para o senado” PSD e PP, também se apresentam como alternativas, bancados por lideranças como Vanderlan Cardoso e Henrique Meirelles de um lado e Roberto Naves e Alexandre Baldy de outro. Outro grupo que se apresenta forte, é formado pela equipe que hoje está à frente da prefeitura de Goiânia, o partido Republicanos tem nas figuras de Rogério Cruz e João Campos, um robusto capital político, também atentos a vaga para o senado. Assessores do Palácio das Esmeraldas observam com bons olhos as alternativas que se constroem para a formação da futura chapa majoritária: “É o reflexo de que o governo está no caminho certo e é bem avaliado pelos partidos e suas lideranças.” Pontuam.

Colheita
A cada semana, o governador Ronaldo Caiado (DEM) recebe novos apoios de prefeitos, de diversos partidos, à sua reeleição. Voa em céu de brigadeiro.

Fragilizada
Até agora a chamada oposição centro-direita ainda não conseguiu escalar um nome competitivo para disputar o Palácio das Esmeraldas com Ronaldo Caiado.

Na lista
Além de Lissauer Vieira, estão cotados para a vice de Ronaldo Caiado em 2022: o atual ocupante do cargo, Lincoln Tejota (Cidadania) e Daniel Vilela (MDB).

Descanso
Iris Rezende seguiu, mais uma vez, para o descanso em sua fazenda, no município de Canarana (MT), após conversas com Ronaldo Caiado e Daniel Vilela sobre alianças do MDB e DEM ao pleito do ano que vem.

Novo rumo
Depois de desistir do Patriota, o presidente Jair Bolsonaro e seu grupo político abriram conversações com o Progressistas, cujo presidente – Ciro Nogueira – vai assumir, esta semana, a Casa Civil.

Oxigenado
Com Ciro Nogueira no Palácio do Planalto e Jair Bolsonaro a caminho do Progressistas, o ex-ministro Alexandre Baldy, presidente do partido em Goiás, coloca seu projeto de disputar vaga ao Senado na ordem do dia.

Podemos
O deputado José Nelto tem visto o assédio ao comando do Podemos ficar cada dia mais forte. A queda de braço tem como protagonista o grupo político de Aparecida de Goiânia.

Podemos II
José Nelto é um forte candidato à reeleição para a Câmara Federal e possui um grande potencial eleitoral, segundo ele prevê, pode ser acima dos 100 mil votos em 2022.

Morrinhos
Tiago Mendonça (DEM), Maycllyn Carreiro (PRTB) e Chiquinho de Oliveira (PSDB), um secretário e dois deputados estaduais naturais de Morrinhos, foram as estrelas da visita do governador à cidade no último dia 21.

Morrinhos II
O respaldo dos três políticos reacenderam a vontade dos Morrinhenses em retomar o posto de “República de Morrinhos”, quando a cidade sempre cedia dois ou mais nomes para a cúpula estadual.

Talles Barreto
O deputado que foi candidato a prefeito em Goiânia nas últimas eleições, manifestou interesse em deixar o ninho tucano. Para ele, o PSDB quer encabrestar deputados.

Lissauer faz ato em Rio Verde em busca da vice de Caiado
O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB/foto) promove, dia 7 de agosto, em Rio Verde, ato com a presença de 50 prefeitos, deputados federais e estaduais e lideranças municipais para fortalecer o projeto de ocupar a vice na chapa do governador Ronaldo Caiado (DEM) às eleições de 2022. Lissauer também está no páreo para deputado federal.

Linha cruzada

Geralmente as alianças majoritárias ocorrem no ano da eleição. Porém, desta vez, DEM e MDB podem anunciar a formação de uma chapa ainda em agosto ou setembro de 2021.

Comentários