Cidades

Adolescente que esfaqueou menina, é liberado pela justiça

A decisão da justiça determinou a liberação do adolescente com algumas medidas a serem tomadas

diario da manha
Foto/Reprodução

Na manhã dessa terça-feira (24), a Justiça determinou a soltura do adolescente que esfaqueou a colega dentro do Colégio Estadual Polivalente Professor Goiany Prates, em Goiânia. O ataque aconteceu após a garota repreender o rapaz por importunar sexualmente uma amiga.

A decisão determinou a liberação do adolescente com algumas medidas a serem tomadas. Ele deve manter-se recolhido dentro de residência, onde deverá comparecer as aulas escolares em regime online. Além de manter-se afastado da vítima, dos seus familiares e das testemunhas, por qualquer meio de comunicação.

Ele também deve obedecer aos pais ou responsáveis, atender a todas as convocações (audiências, reuniões etc.) realizadas por autoridades policiais e judiciárias (Polícia Civil, Ministério Público, Poder Judiciário etc.) e informar ao Poder Judiciário eventual mudança de endereço.

O jovem ainda terá a inclusão em serviço e programa oficial ou comunitário de proteção, apoio e promoção da família, da criança e do adolescente. Além disso, foi aplicada ao adolescente, com a obrigação dos pais, a requisição de tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico, em regime hospitalar ou ambulatorial.

O aluno era acompanhado por uma professora de apoio por ter déficit de atenção e bipolaridade. As investigações continuam para fechamento do caso.

Leia Também

Comentários