Cotidiano

Sangue e cabelo são encontrados no porta-malas do carro do marido de vendedora que desapareceu

Vanessa Rodrigues não é vista pelos familiares desde o dia 11 de agosto

diario da manha

A vendedora Vanessa Rodrigues, de 31 anos, está desaparecida deste do dia 11 de agosto. E o principal suspeito do crime para a polícia é o marido de Vanessa. Isto em função dos peritos terem encontrado dois fios de cabelo e sangue no porta-malas do suspeito, que estão sendo analisados pela Polícia Técnico-Científica.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Luciano Santos, o carro em questão foi apreendido na casa do marido de Vanessa.

Em entrevista ao G1 o delegado do caso confirmou o encontro dos vestígios no porta-malas, e afirmou que eles estão sendo periciados. E de acordo com o investigador o porta-malas era a parte do carro onde havia mais sangue.

Segundo o delegado o suspeito do crime segue foragido e a polícia pediu a prisão preventiva do rapaz. Vale ressaltar que os vestígios em análise ainda não tiveram os resultados divulgados, e apenas após o laudo final poderá ser confirmado se o sangue e os fios de cabelo são da vendedora.

A polícia investiga o desaparecimento de Vanessa Rodrigues desde o dia 11, quando ela foi vista pela última vez por familiares. No entanto, o desaparecimento foi registrado apenas no dia 16 na delegacia da Polícia Civil de Porangatu. De acordo com as investigações, Vanessa desapareceu depois de ser agredida pelo marido.

Leia também:

Comentários