Cotidiano

Sargento do Gabinete Militar do TJGO salva vida de bebê que engasgou após amamentar

Segundo ele, o bebê, de apenas 11 meses, não estava respirando e apresentava coloração escura no rosto devido à falta de ar.

diario da manha

O sargento Tiago Luís Tavares de Sousa, que trabalha no Gabinete Militar do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), salvou um bebê que engasgou após amamentação. O procedimento foi realizado durante horário de folga do policial militar, num condomínio residencial em Goiânia.

Segundo ele, o bebê, de apenas 11 meses, não estava respirando e apresentava coloração escura no rosto devido à falta de ar. Para ajudar o bebê a voltar a respirar, o sargento pegou a criança no colo e iniciou a manobra de reanimação e salvamento, de acordo com os treinamentos já recebidos.

“Escutei os gritos da mãe que estava desesperada com a criança no colo. A criança estava com a cabeça molinha e a mãe gritava. Virei o bebê de barriga para baixo e bati levemente nas costas dele”, contou. Logo após o procedimento realizado, a criança voltou a respirar e recuperou os sinais vitais. Segundo o policial, que é pai, “o segredo nessas situações é manter a calma para salvar a vida”. 

Reconhecimento
O presidente do TJGO, desembargador Carlos França, parabenizou o Policial Militar e toda a equipe do Gabinete Militar do Poder Judiciário. “É gratificante saber que o TJGO conta com uma equipe tão preparada, humana e sensível às demandas sociais”, afirmou.

Já o presidente da Comissão Permanente de Segurança do Tribunal de Justiça Estado de Goiás (TJGO), desembargador Luiz Cláudio Veiga Braga, recebeu na tarde desta segunda-feira (30), o sargento Tavares e o chefe do Gabinete Militar do Poder Judiciário do Estado de Goiás, tenente coronel Rodrigo Barbosa.

“Ficamos extremamente lisonjeados com o gesto de heroísmo e acima de tudo humanitário. É com orgulho que temos o senhor no nosso quadro, o que demonstra a qualidade dos nossos policiais que trabalham no gabinete militar”, ressaltou o desembargador Luiz Cláudio, ao parabenizar e agradecer o policial militar. (Texto: Arianne Lopes – Fotos: Acarai Martins – Centro de Comunicação Social do TJGO)

tags:

Comentários