Cotidiano

Chefe de quadrilha que enganou 40 idosos em Goiás é preso em praia do Rio de Janeiro

.

diario da manha

Com a prisão do líder, a Polícia Civil de Goiás acredita ter desarticulado por completo um grupo criminoso que lesou pelo menos 40 idosos em Goiás. Sabendo que já era procurado, o articulador do esquema criminoso se mudou de São Paulo para o Rio de Janeiro, onde dava aulas de futevôlei em uma praia. As investigações conduzidas pela 23ª Delegacia Distrital de Polícia (DPP) de Goiânia identificaram um grupo criminoso que montou uma central clandestina de telefone em São Paulo, e no Guarujá. Através destas centrais, o grupo telefonava para idosos em Goiás, como se fossem funcionários de operadoras de cartões de crédito, e informavam que os dados deles tinham sido clonados. Posteriormente, os golpistas pediam para que as vítimas entregassem o cartão com a senha para um suposto funcionário, que iria até a residência deles para buscá-lo. Em pouco mais de um ano, o grupo criminoso, segundo as investigações, faturou mais de R$ 1 milhão com os golpes, e deixou pelo menos 40 vítimas em Goiás. Este número, porém, acredita o delegado Guilherme Conde, titular da 23ª DDP de Goiânia, pode ser bem maior. O chefe do esquema criminoso, que tem 33 anos, foi localizado e preso após troca de informações entre policiais de Goiás e agentes do 32º Distrito Policial do Rio de Janeiro. No momento em que foi abordado, o estelionatário dava aulas de futevôlei em uma praia. As investigações apontam que ao saber que estava sendo procurado em dezembro, ele, que tem casa no Guarujá, morou em pelo menos dois estados diferentes. Antes da prisão do mentor do golpe, a Polícia Civil de Goiás já havia cumprido, algumas semanas atrás, mandados contra outros integrantes da quadrilha em Trindade, Goiânia, São Paulo, e no Rio de Janeiro. Com a conclusão do inquérito, os investigados serão indiciados por estelionato, e associação criminosa. De acordo com a Polícia Civil de Goiás, a imagem do investigado foi divulgada para que eventuais vítimas ainda não identificadas possam procurar a 23ª DDP, a fim de auxiliar nas investigações. A divulgação segue conforme despacho fundamentado da autoridade policial responsável pelo inquérito, fundamentado nos ditames da Lei nº 13.869/2019 e a Portaria nº 02/2020-PCGO. O nome dele não foi divulgado.

Rota 190

Populares espancam, e PM prende estuprador

Ao perceber que uma mulher de 19 anos estava sozinha dentro de casa em Bonfinópolis, cidade que fica na região metropolitana de Goiânia, um tarado invadiu o imóvel, e a estuprou. Durante a violência sexual, a vítima conseguiu escapar correndo a pé pela rua e gritou por socorro, ocasião em que vizinhos agarraram, e deram uma surra no maníaco. Posteriormente, o tarado foi preso por militares do 27º BPM, que descobriram que ele já tinha antecedentes criminais, também por estupro.

Mulher assassinada pelo ex estava grávida

A jovem de 21 anos que foi assassinada pelo ex-marido na noite de sábado em Água Limpa, cidade que fica na região sul de Goiás, estava grávida de três meses. A confirmação foi feita pela Polícia Civil, que ainda não conseguiu localizar o autor dos disparos, Marco Aurélio Leones Oliveira Rodrigues Barbosa. Pelo que já foi apurado até agora, Yasmin Bialik Fernandes da Silva foi perseguida e baleada pelo ex-marido perto de um posto de combustíveis depois de afirmar que não reataria o casamento. Após atirar seis vezes na jovem, Marco Aurélio, que é irmão de um vereador de Água Limpa, fugiu em um veículo Gol de cor branca. Informações sobre o paradeiro dele podem ser feitas pelo telefone 197, da Polícia Civil. O denunciante não precisa se identificar.

Autor de homicídio em Anápolis estava em Niquelândia

Agentes do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) localizaram e prenderam, em Niquelândia, um homem de 33 anos que, em 23 de julho passado, matou a tiros um primo de sua esposa. O crime aconteceu durante uma festa em família, que era realizada no Bairro São José. Ao ser preso, o homem confessou o crime, e disse que estava drogado quando matou Leandro Dias Pereira, 37, e ainda baleou outras duas pessoas que também estavam na casa. Pelo que apurou a polícia, o crime foi cometido porque o autor suspeitava que a vítima estava dando em cima de sua esposa. Além do homicídio, ele responderá por dupla tentativa de assassinato.

Comentários