Cotidiano

CNN demite Alexandre Garcia por defender tratamento precoce contra Covid-19

Em nota, a emissora garante que “reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”

diario da manha
Foto: Reprodução/CNN Brasil

A CNN Brasil divulgou um comunicado na última sexta-feira, 24, afirmando que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia, após ele defender o tratamento precoce contra a Covid-19.

“A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada”, dizia uma parte do comunicado.

A CNN afirma que o quadro ‘Liberdade de Opinião’ continuará na programação da emissora.

Por fim, a nota garante que “reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”.

O caso

Na última sexta-feira, 24, a emissora desmentiu Alexandre Garcia, quando ele citou a Prevent Senior e afirmou que o “kit covid” salvou milhares de vidas. A administradora de planos de saúde é investigada pelo Ministério Público, Polícia Civil e pela CPI da Covid por, supostamente, obrigar seus profissionais conveniados a tratar os pacientes com remédios comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, como a hidroxicloroquina.

“Os tais remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas sendo aplicados imediatamente, mesmo antes do resultado do teste. É na fase 1, na fase 2 às vezes evitam hospitalizações. Na fase 1 sempre evitam hospitalizações, sempre evitam sofrimento. Na fase 3 são ineficazes, depois que a pessoa já está hospitalizada ou intubada. […] Essa questão de eficácia comprovada a gente só vai saber daqui uns três anos. Agora tudo é experimental”, afirmou Alexandre Garcia.

A apresentadora Elisa Veeck desmentiu a fala do jornalista ao final da apresentação dele, destacando que a posição da emissora não é refletida pelas opiniões dos comentaristas.

“Reitero sempre para vocês que nos acompanham que as opiniões emitidas pelos comentaristas do quadro não refletem necessariamente a posição da CNN. E mais um acréscimo aqui neste fim do quadro de hoje, a CNN ressalta que não existe um tratamento precoce comprovado cientificamente para prevenir a Covid-19. O que a ciência mostra é que a prevenção, com o uso de máscaras e a vacinação, são as únicas maneiras de combater a pandemia”, disse Veeck.

Leia também

Comentários