Cotidiano

Polícias apreendem mais de R$ 12 milhões em drogas

.

diario da manha

Somente neste final de semana a Polícia Militar, a Polícia Rodoviária Federal, e Polícia Civil retiraram de circulação mais de 120 quilos de cocaína pura, e 150 quilos de maconha em Goiás. Em uma das ações, um traficante morreu após se envolver em um acidente automobilístico. No Setor Vereda dos Buritis, em Goiânia, militares do 42º BPM, após troca de informações com equipes do 19ª Comando Regional (CRPM), encontraram uma casa que estava sendo usada como laboratório para o refino de drogas. Dentro do imóvel, os policiais apreenderam 100 quilos de cloridrato de cocaína, munições de calibre 5.56, um kit que faz com que a pistola dispare tiros em rajada, como se fosse uma submetralhadora, e um carregador caracol, com capacidade para 30 munições. Quando abordado, o homem que estava na casa apresentou aos policiais documentação falsa, já que estava foragido da justiça. Nome e idade dele não foram divulgados. De acordo com a PM, cada quilo do cloridrato de cocaína apreendido custa, em média, R$ 100 mil. Na BR-364, em Jataí, na região sudoeste de Goiás, policiais rodoviários federais apreenderam, após perseguição, um carro que transportava 25 quilos de pasta base de cocaína. O condutor do veículo, que não usava cinto de segurança, morreu após ser ejetado para fora do veículo depois de bater em um caminhão e capotar. A PRF não divulgou o nome, e a idade dele. Os entorpecentes, avaliados em mais de R$ 2 milhões, foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Jataí.

Maconha no Entorno

Outra grande apreensão de drogas foi registrada em Águas Lindas, cidade goiana que fica no Entorno do Distrito Federal. Após investigações que duraram duas semanas, agentes do Grupo Especial de Repressão aos Narcóticos (Genarc) conseguiram interceptar um carregamento com 150 quilos de maconha. O condutor do veículo onde estava a droga foi preso e autuado em flagrante. A maconha, segundo a polícia, foi adquirida em Goiânia, e seria comercializada na região do Entorno do DF. Nome e idade do preso não foram divulgados.

Rota 190

Homem estupra e engravida a enteada de 13 anos

A Polícia Civil prendeu em Pontalina, cidade distante 117 quilômetros de Goiânia, um homem de 43 anos que estuprou uma de suas três enteadas, que tem somente 13 anos. Em depoimento, a adolescente, que estava grávida, confirmou a violência sexual, e afirmou que o padrasto conseguiu convencê-la de que o relacionamento entre os dois seria normal. Os encontros, segundo ela, eram sempre agendados por meio de um aplicativo de conversas no celular. O maníaco ficou calado quando foi interrogado. A polícia quer saber agora se o aborto que a menor sofreu, na semana atrasada, foi espontâneo, ou provocado pelo agressor, o que pode agravar, ainda mais, a pena dele no caso de uma eventual condenação.

Ladrão de banco e homicidas morrem em confrontos

O autor de um assassinato ocorrido em Inhumas morreu no sábado após atacar, com uma faca, uma equipe da Polícia Militar que tentava prendê-lo. Onofre Júnior Alves, segundo a PM, já tinha condenação anterior, e rompeu a tornozeleira eletrônica depois de matar um desafeto a pedradas no final da noite de sexta-feira na porta de um bar no Setor Teresa Lima. Em Goiânia, Luiz Renato Batista Santos, 46, que integrava uma quadrilha que assalta bancos e carros fortes também levou a pior após atirar, com uma pistola, contra equipes do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) no Jardim Cerrado. Outro autor de um assassinato ocorrido na madrugada de domingo em Itaberaí morreu após troca de tiros com militares da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) em Rio Verde, para onde havia fugido logo depois do crime. Nome e idade dele não foram divulgados.

Travesti é assassinada em Rio Verde

Com várias perfurações de arma de fogo, o corpo de uma travesti foi encontrado na manhã de sábado em uma estrada de terra às margens da rodovia GO-174, em Rio Verde, na região sudoeste do estado. Como não portava nenhum tipo de documentação, a travesti não tinha sido identificada até o início da noite de ontem. A polícia também ainda não sabe se ela foi executada no local onde foi encontrada morta, ou se foi levada até lá pelos assassinos. O caso já está sendo investigado, e nenhuma hipótese foi descartada.

Comentários