Cotidiano

Goiás abre Serrinha para crianças com transtornos do desenvolvimento

Terceira edição do “Pequenos Craques, Futebol Especial” será no dia 23 de outubro; evento é fruto de parceria entre Verdão e Caminhando Pela Infância

diario da manha

O esporte colabora de maneira significativa na inclusão social de pessoas com deficiência.

Para diminuir os estigmas e preconceitos acerca dos transtornos do neurodesenvolvimento, o Espaço Terapêutico Caminhando Pela Infância realizará dia 23 de outubro, em parceria com o Goiás Esporte Clube, a 3ª edição do “Pequenos Craques, Futebol Especial”.

O evento ocorrerá entre 10h e 12h, no Estádio Hailê Pinheiro (Estádio da Serrinha), no Setor Bela Vista, em Goiânia.

São esperadas 70 crianças com algum diagnóstico de atraso no desenvolvimento, como autismo, síndrome de down, paralisia cerebral e apraxia da fala, entre outros; além de suas respectivas famílias.

Elas serão recepcionadas pelos jogadores do Goiás, com quem vão poder jogar futebol, receber camisetas autografadas e tirar fotos.

Também participarão de diversas brincadeiras infantis, cantigas de roda e ainda terão à disposição brinquedos infláveis, como pula-pula, e lanche, incluindo pipoca, algodão doce e picolé.

Edição anterior do “Pequenos craques, futebol especial”

As inscrições, totalmente gratuitas, foram liberadas nas redes sociais do Caminhando Pela Infância no último dia 6 de outubro, e esgotaram-se em menos de 24 horas.

“Foi naquele ano que procurei o clube e fui muito bem recebida. Então tiramos do papel e transformamos em realidade um Dia das Crianças inclusivo e adaptado para as crianças com deficiência e suas famílias”, detalha a neuropsicóloga e mestre em Psicologia Maria Paula Chaim.

Em 2020, em função da pandemia de Covid-19, o “Pequenos Craques, Futebol Especial” foi suspenso. A interrupção forçada, diz Maria Paula Chaim, só aumentou o entusiasmo e a garra dos profissionais que darão todo o suporte para as crianças que estarão reunidas com os jogadores do Goiás Esporte Clube. Ao todo serão 30 voluntários.

“Este nosso projeto, do qual tanto nos orgulhamos, já serviu de inspiração para ações semelhantes em nosso estado. Isso é gratificante”, comemora a mestre.

Para que o “Pequenos Craques, Futebol Especial” contemple 70 famílias em 2021, o Caminhando Pela Infância formalizou parcerias com a iniciativa privada, instituições e profissionais liberais, caso da Tupperware – Distribuição Planalto; Hospital Clínica do Esporte; Expressart – Núcleo de Criatividade; Abrapaxia – Associação Brasileira de Apraxia de Fala na Infância; Lego Corretora de Seguros; Tre Fotografia; Instituto de Musicoterapia Vida Sonora; LM Capital; Renov Pneus; Centro de Desenvolvimento Infantil Caminhando Pela Infância; Amor Congeladinho – Geladinhos Gourmet; Vellox – Camisetas e Uniformes Personalizados; Luh Personalizados; Tropical Sorvetes e Riviera Films.
Maria Paula Chaim criou o “Caminhando pela Infância” em 2016. O objetivo: oferecer serviços terapêuticos especializados visando favorecer o desenvolvimento das crianças com necessidades especiais. Vale lembrar que a psicóloga tem organizado, também, diversos eventos lúdicos que promovem a inclusão desse público, como as colônias de férias nos meses de janeiro e julho.

Comentários