Cotidiano

Padrasto é suspeito de agredir criança

No local foram encontradas duas armas de fogo sem registro, a criança possui marcas de agressão no rosto e nas costas

diario da manha

Um homem foi preso pela Polícia Civil suspeito de agredir a enteada de 7 anos, em Crixás. Na casa dele, a polícia encontrou duas armas de fogo, munições e insumos para preparo de munição, todos sem registro.

Segundo a Polícia, uma denúncia anônima informou sobre os maus-tratos, o que levou as equipes até o local, no bairro Morada do Sol III.

A mãe e a criança foram levadas ao Hospital Municipal de Crixás, onde a criança foi submetida a vários exames.

Os médicos comprovaram que a vítima possuía várias lesões nas costas, possivelmente causadas por cinto, além de apresentar marcas de agressões no rosto.

O suposto autor pagou fiança e encontra-se em liberdade. A Polícia ainda não informou se a mãe possui envolvimento no crime.

Leia também

Comentários