Cotidiano

Dia Mundial da Gentileza: Um ato de gentileza faz bem à saúde

A gentileza, tanto para quem compartilha, quanto pra quem recebe, faz muito bem a saúde. O ato de ser gentil produz dopamina, que é um hormônio do prazer e do bem-estar que é produzido pelo cérebro

diario da manha

Gentileza gera Gentileza, dia 13 de novembro é comemorado o Dia Mundial da Gentileza, essa ideia surgiu em uma conferência realizada em Tóquio, em 1996, pelo World Kindness Movement (Movimento Mundial da Gentileza, em tradução livre). Mas só no ano de 2000 que foi oficialmente criado.

A intenção desse movimento era de poder inspirar as pessoas a criar um mundo mais gentil. Um simples abraço, um sorriso e até mesmo uma palavra positiva, pode mudar o dia de alguém.

As pessoas que trabalham nos comércios sofrem bastante com a falta de gentileza de alguns clientes, por exemplo: quando um cliente entra na loja já recebemos dando um bom dia ou boa tarde. e quando esse cliente simplesmente finge que nem te vê, e não diz uma palavra se quer, isso deixa os vendedores chateados, por mais que possam estar sendo gentis com o cliente e acaba não recebendo essa gentileza de volta, ou vice e versa.

E em tempos de tecnologia que estamos vivendo, infelizmente acaba que afasta as pessoas umas das outras, mas se usarmos corretamente a tecnologia podemos nos aproximar mais ainda.

Com o avanço tecnológico, as mensagens podem ser enviadas em segundos, diferente de antigamente que era feito uma carta que poderia demorar semanas para chegar a outro continente. Mas, por outro lado a tecnologia pode ser restrita, pois, quem não possui é isolado por aquele que a usa.

A tecnologia pode fazer com que você não perca contato com as pessoas queridas, facilita poder conversar com quem mora longe e ajuda a conhecer pessoas do mundo inteiro. E nos dias atuais sabemos que deixamos de mandar uma mensagem positiva, ou até mesmo um “oi” para quem gostamos, e preferíamos ficar vendo as fofocas em sites.

Dados

Segundo a psicóloga Thirza Reis, uma pessoa que pratica um ato de gentileza, ela se mostra mais vulnerável.

“Ao baixarmos a nossa guarda, nós automaticamente desestabilizamos a dureza da outra pessoa. Assim, é possível relaxar um pouco mais.”

A gentileza, tanto para quem compartilha, quanto pra quem recebe, faz muito bem a saúde. O ato de ser gentil produz dopamina, que é um hormônio do prazer e do bem-estar que é produzido pelo cérebro, diz Thirza.

“Do ponto de vista neurológico e bioquímico, o ato de ser gentil produz dopamina, que é um hormônio do prazer e do bem-estar, produzido pelo cérebro. A gentileza, a compaixão e o amor são como antídotos contra a depressão e doenças crônicas, também melhoram o sistema imunológico. Isso traz uma relação direta com o bem estar, porque dispara em nós o nosso melhor”, explica Thirza.

Gentileza em tempos de pandemia

2020 foi um ano muito complicado para todos mas devido a pandemia do novo coronavírus, o isolamento social acabou nos distanciando de quem amamos. Mais alguns atos de gentileza se destacaram, no Distrito Federal, alguns atos de gentileza foram registrados, 25 produtores de flores do DF, doaram parte do estoque para os profissionais da área da saúde, em homenagem aos esforços da classe no combate ao coronavírus, e uma simples flor pode mudar o dia de qualquer pessoa.

Além de várias pessoas terem feito com que, os aniversários e datas comemorativas não passassem em branco durante o isolamento social. Em condomínios os vizinhos cantaram parabéns nas janelas, para as crianças e idosos que não tiveram festas de aniversário. E isso foi uma forma de gerar gentileza até por quem não conhecemos.

Um ato gentil faz bem a saúde e pode melhorar o dia de uma pessoa. Gentileza gera Gentileza

Leia Também

Comentários