Cotidiano

FGM lamenta a morte do ex-prefeito e ex-governador Iris Rezende

Foram mais de 60 anos dedicados, como ele mesmo dizia, ao "sacerdócio" de servir ao próximo.

diario da manha
Haroldo Naves: Íris Rezende Machado era referência política de Goiás e deixa um legado para história de nosso Estado

O municipalismo goiano e todo Estado de Goiás está profundamente consternado com a morte do maior líder político de Goiás, em toda sua história. Iris deixa um legado de amor à causa pública, de trabalho em favor das pessoas, principalmente aos menos favorecidos. Com seu jeito simples, cativante, nunca deixou as coisas simples da roça, e sempre lembrava da sua “pequenina Cristianópolis” quando se referia às suas origens. A história de Iris Rezende Machado se confunde com Goiás, em todos os aspectos: trabalho, dedicação, lealdade aos princípios e o amor incondicional ao nosso Estado.

Foram mais de 60 anos dedicados, como ele mesmo dizia, ao “sacerdócio” de servir ao próximo. Vereador, prefeito de Goiânia por 3 mandatos, governador de Goiás(dois mandatos), ministro da Agricultura (o ministro da Supersafra) e também ministro da Justiça e ainda Senador da República.Iris Rezende Machado, o homem que projetou e idealizou os mutirões em Goiás, que construiu milhares de quilômetros de asfalto, de casas populares, de redes de saneamento básico, de água tratada, de ginásios de esportes, enfim, de centenas e centenas de obras por esse Estado afora.

A Federação Goiana de Municípios, através de seu presidente, Haroldo Naves Soares, de toda a sua diretoria e funcionários, emite esta Nota Pública de Pesar em memória deste líder que deixa seu nome na história do Estado de Goiás e em todo País.
Haroldo NavesPresidente da FGM

Comentários