Cotidiano

Para que seja conveniente ter um carro em vez de viajar em Uber é preciso dirigir 30km por dia

diario da manha

Na hora de escolher se ter o veículo próprio ou usar outras alternativas de transporte muito deve ser analisado. Não só o gasto na hora da compra, também com o combustível, a manutenção, o estacionamento e outros gastos eventuais que podem surgir, também as vantagens e desvantagens de cada alternativa. 

Entre as vantagens de ter o veículo próprio, a mais destacada pelos usuários é a liberdade, não depender de outros nem dos horários do transporte público. No entanto, é preciso lidar com os gastos de manutenção, estacionamento, seguro e se houver inconvenientes, ter os gastos com multas.

Diante desses possíveis inconvenientes e grandes gastos, o Uber se mostra como a melhor alternativa, apesar da corrida ser mais cara que o combustível, os custos de ser o proprietário do veículo terminam sendo maiores. 

Por exemplo, um Uber que cobra cerca de R$ 35,94 para fazer uma corrida de 10 quilômetros. Se considerarmos que percorre 300 quilômetros no mês seriam gastos R$ 1.078,20 aproximadamente.

Comparando com o gasto de combustível que possui o proprietário de um veículo que faz 13 km/l e roda essa distância por mês em uma cidade que é de cerca de R$ 155,50 em gasolina comum, considerando o valor de R$ 6,74 por litro, de acordo com o levantamento de preços de novembro deste ano feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP); o custo de usar o Uber é muito maior.

Mas, também é preciso considerar os gastos anuais do veículo como IPVA, para um automóvel de R$ 60 mil, uma alíquota de 4% equivale a R$ 2.400; o custo de manutenção de R$ 1.200, o licenciamento de cerca de R$ 90, R$ 1200 para a limpeza do veículo e R$ 3.600 de estacionamento. 

No momento de comprar um veículo, também é importante considerar a contratação de um seguro, para proteger o patrimônio diante de colisões, roubo ou outro tipo de sinistro. Ao consultar uma tabela de seguros mais baratos do Brasil, podemos considerar um seguro básico de R$ 2700.

Sem considerar os gastos eventuais que qualquer proprietário pode ter com seu veículo, o gasto mensal para ter um carro próprio chega a ser de R$ 1.088. Diante da opção de usar os serviços de um Uber, para que seja conveniente ter um carro próprio é preciso dirigir pelo menos 30 km por dia. 

Os preços considerados são os valores médios, eles mudam de acordo com o veículo e seu condutor, assim como as tarifas do Uber se ajustam dependendo do percurso feito. Cada pessoa deve considerar qual é sua circunstância e comparar os gastos que terá.

Isso sem esquecer as novas possibilidades do mercado, como as assinaturas de carro que permitem que qualquer pessoa tenha um veículo 0km por um ou dois anos pagando parcelas que vão desde R$ 1.700 até R$ 5.000 e o combustível, sem ter que se preocupar com impostos nem com o seguro.

Comentários