Cotidiano

Suspeito de matar esposa e filha convive com cadáveres por quatro meses

De acordo com o suspeito, ele teria recebido uma "ordem divina" para cometer os crimes

diario da manha
Foto: Reprodução

Um homem foi preso suspeito de matar a esposa e a filha em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. De acordo com o suspeito, ele teria recebido uma “ordem divina” para cometer os crimes. Ele conviveu com os cadáveres por quatro meses. Os corpos foram encontrados pela polícia em estágio avançado de decomposição.

Segundo a polícia, a denúncia veio após vizinhos acionarem o Corpo de Bombeiros por conta do mau cheiro que vinha do imóvel. Os corpos foram encontrados em cima de camas separadas.

Outros três filhos do suspeito moram na casa e seguiram vivendo normalmente, mesmo com os corpos no local. Não há informações sobre o envolvimento deles no crime. O caso segue em investigação.

Leia também:

Comentários