Cotidiano

Alcoolismo uma dependência com consequências irreversíveis

O organismo perde a sensibilidade ao álcool exigindo quantidades cada vez maiores da substância

diario da manha

Segunda a Organização Mundial da Saúde (OMS), o alcoolismo é uma dependência do indivíduo ao álcool, sendo assim é considerada uma doença crônica, causada pelo uso descontrolado de bebidas alcoólicas que pode levar a consequências irreversíveis, capaz de levar o paciente a outras complicações médicas no organismo.

Na medicina os efeitos da substância no organismo funcionam da seguinte forma, no sistema nervoso central ele pode causar perda de reflexo, problemas de atenção, perda de memória, sonolência e até mesmo levar ao coma, e pode ocasionar à morte. Ele também acelera a atividade do sangue no coração, aumentando a frequência dos batimentos cardíacos, pois libera adrenalina.

No fígado altera a produção de enzimas, mudando o ritmo do metabolismo do álcool, ocasionando inflamação crônica, hepatite alcoólica e cirrose, irrita as mucosas do estômago e esôfago, ocasionando esofagite, gastrite e diarreia. Nos rins o efeito diurético do álcool acaba por sobrecarregar os rins, comprometendo a eficácia do processo de filtragem das substâncias que ocorre nesse órgão.

O organismo da pessoa que possui esse vício progressivo, vai perdendo a sensibilidade ao álcool e passa a fazer o uso de quantidades cada vez maior do líquido.

Entre os principais sintomas de alcoolismo estão, o desejo incontrolável de ingerir bebidas alcoólicas; começa a beber, e não consegue parar ou mesmo reduzir o consumo de álcool, necessidade de altas doses para poder sentir o efeito da bebida, além da abstinência quando não consume o produto.

Hoje podemos encontrar unidades feitas para atender gratuitamente quem precisa tratar o alcoolismo, são Os Centros de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas. O acompanhamento é realizado através de médicos, psicólogos e terapeutas. Também há abertura para a participação da família. Quando o alcoólatra mora em uma cidade que não tem o CAPS – AD, pode procurar um CAPS tradicional (que cuida da saúde mental) ou uma unidade básica de saúde de seu município para fazer o tratamento.

Também há um grupo de ajuda no apoio ao alcoólatra que quer parar de beber. Para participar de reunião e um dos grandes princípios é o sigilo. O Alcoólicos Anônimos (AA) possui reuniões em quase todas as cidades do Brasil.

Para evitar o alcoolismo algumas medidas podem ser adotadas como, evitar consumo excessivo de álcool, beber bastante água enquanto estiver consumindo bebida alcoólica, e sempre fazer a ingestão de água.

Leia Também:

Comentários