Cotidiano

Autor de triplo homicídio em Corumbá de Goiás pode ter fugido para outro estado

.

diario da manha

Ao contrário do que aconteceu na segunda-feira, poucos policiais militares participaram ontem na zona rural de Abadiânia do trabalho de buscas ao criminoso que no domingo matou três pessoas em Corumbá de Goiás, entre elas sua namorada, que estava grávida, e uma filha dela, de um ano e oito meses. Existe a suspeita que Wanderson Mota Protácio, 21, já tenha fugido para outro estado, ou mesmo para o Distrito Federal.

Das unidades especializadas da PM, apenas equipes do Batalhão Rural foram vistos em patrulhamento, mas o helicóptero do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) sequer apareceu na região. Policiais rodoviários federais, da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), e da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), que passaram a manhã e tarde de segunda-feira em Abadiânia, não foram vistos na cidade ontem.
Apesar da pouca quantidade, os PMs continuaram averiguando denúncias de moradores, e ontem estiveram em pelo menos cinco propriedades rurais, mas não encontraram nenhum indício de que o criminoso tenha passado pela região. Existe a informação que Wanderson Protácio tentou comprar uma passagem no final da noite de domingo na Rodoviária de Alexânia, o que pode indicar que ele já tenha saído de Goiás.

Para não dar tanta visibilidade ao criminoso, e não torna-lo um “novo Lazaro”, latrocida que no primeiro semestre se escondeu durante 20 dias em uma mata até ser localizado e morto em confronto, os comandos das polícias civil e militar não dão detalhes sobre as buscas á Wanderson Protácio. Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública de Goiás disse apenas que o caso está sendo apurado pela Delegacia Regional de Anápolis, com apoio do Grupo de Investigações de Homicídios daquela cidade, e da Delegacia de Repressão a Crimes Rurais, e que “informações só serão repassadas em momento oportuno”.

Vítimas são sepultadas
Tristeza e revolta marcaram ontem o sepultamento de Ranielle Aranha, 21, que estava grávida de quatro meses, e da filha dela. As duas foram mortas a facadas no domingo por Waderson, que depois ainda executou a tiros um vizinho de propriedade, que tinha 74 anos, e também baleou e tentou estuprar a esposa do idoso, que continua internada, mas sem risco de morte.

Até agora, ainda não se sabe por qual motivo o criminoso, que em 2019 já havia sido preso após tentar matar uma namorada, tirou a vida da atual companheira, e da filha dela. No caso do idoso, segundo a polícia, Wanderson cometeu o crime para roubar uma camionete e um aparelho de telefone celular.

Rota 190

Criança estuprada pelo pai é submetida a cirurgia no ânus
Um homem de 25 anos, que não teve o nome, nem a idade divulgados, foi preso ainda em flagrante três dias depois de ter estuprado sua própria filha, que tem apenas um ano e 11 meses. Em decorrência da violência sexual a que foi submetida, a criança precisou passar por uma cirurgia para a reconstrução do canal anal. O estupro aconteceu na noite de sábado passado na casa da família, no Residencial Itália, em Goiânia, e foi flagrado pela mãe da criança, que, ao chegar em casa, vinda do supermercado, viu o marido pelado, ao lado da filha, que estava ensanguentada. Desde então, o maníaco fugiu, mas na noite de segunda-feira foi localizado e preso em Itauçu, cidade distante 70 quilômetros de Goiânia. Ele foi autuado por estupro de incapaz, e, caso seja condenado, pode passar até 15 anos na cadeia.

Presos suspeitos de desaparecimento de adolescente
A Polícia Civil espera esclarecer nos próximos dias o caso do desaparecimento do adolescente Wanderson Costa Leite, 17, que sumiu na madrugada do último dia 25 de outubro, após entrar em uma camionete na cidade de Palmeiras de Goiás, onde morava. O veículo foi apreendido na semana passada, e ainda tinha vestígios de sangue. Esta semana, três suspeitos no desaparecimento foram presos, e estão sendo ouvidos, mas o depoimento deles ainda não foi divulgado, para não atrapalhar as investigações. O que se sabe até agora é que Wanderson teria saído com alguns conhecidos à procura de garotas de programa, mas, no caminho, teriam se desentendido, por um motivo ainda não apurado. A família do adolescente, que já fez várias manifestações na cidade, aguarda angustiada pela rápida solução do caso.

COD apreende 15 quilos de pasta base de cocaína


O nervosismo do condutor de um veículo Gol abordado perto de Perolândia, na região sudoeste de Goiás, levantou a suspeita de militares do Comando de Operações de Divisas (COD), que resolveram fazer uma busca minuciosa no veículo. Em fundos falsos debaixo dos bancos do passageiro e motorista, os policiais encontraram 15 peças de pasta base de cocaína, entorpecente avaliado, segundo o COD, em R$ 600 mil. O condutor do veículo, que confessou receberia R$ 15 mil para levar a droga até o Espírito Santo, foi autuado em flagrante por tráfico interestadual na Delegacia da Polícia Civil de Perolândia. Nome e idade dele não foram divulgados.

Comentários