Cotidiano

Em uma só noite, três pessoas são assassinadas a tiros em Jaraguá

.

diario da manha

A violência marcou o final de semana em Jaraguá, cidade distante 119 quilômetros de Goiânia, que registrou, somente na noite de sábado, três assassinatos a tiros. Duas das vítimas são da mesma família, e foram mortas na garagem de casa.

Edilene da Costa Ferreira, 37, o filho dela Emanuel Felipe Ferreira, 22, e a esposa dele, que está grávida, conversavam na garagem da casa da família, no Setor Santa Fé, quando um carro parou, e o homem que estava no banco do carona, de boné, e jaqueta preta, desceu, e efetuou vários disparos. Mãe e filho foram atingidos e morreram na hora, mas a jovem grávida, baleada no braço, conseguiu se esconder atrás de uma geladeira.

Ela relatou aos policiais que não conseguiria descrever o atirador, pois estava escuro, e o boné dele tampava quase todo o rosto. A Polícia Civil já está investigando o caso, mas ainda não divulgou se alguma das vítimas dos disparos já possuía antecedentes criminais.

Poucas horas depois do duplo homicídio, um jovem de 21 anos também foi assassinado na porta de casa, no mesmo bairro, por um homem que gritou pelo seu nome no portão. Após ser baleado, Matheus Pires Dias ainda foi socorrido, mas morreu pouco tempo após dar entrada no hospital municipal. Ainda não se sabe se a execução dele teria algum tipo de relação com a morte de mãe e filho registrada horas antes.

Homicídio em Aparecida
Também na noite de sábado, mas em Aparecida de Goiânia, um homem de 27 anos foi assassinado com um tiro na testa no Bairro Nova Cidade. Testemunhas contaram para os policiais que atenderam a ocorrência que a vítima chegou a conversar com dois homens que estavam em uma moto, e relataram não ter escutado nenhum tipo de discussão entre eles.
A vítima fatal, de primeiro nome Gabriel, não teve a idade divulgada pela polícia. O caso já está sendo apurado pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

Rota 190

COD apreende 300 quilos de maconha
Em mais uma abordagem certeira, militares do Comando de Operações de Divisas (COD) retiraram de circulação um traficante que havia acabado de entrar em Goiás com 300 quilos de maconha. A droga estava escondida no meio de caixas de papelão, colocadas na carroceria fechada de um caminhão, que foi parado perto de Rio Verde, na região Sul do Estado. O condutor do veículo, que se negou a dizer onde havia adquirido a droga, e para onde a levaria, foi autuado em flagrante na Delegacia da Polícia Civil de Rio Verde. Nome e idade dele não foram divulgados.

Sete presos por tráfico e homicídio em Catalão
Em ação conjunta realizada durante o final de semana na região sudeste do estado, militares do Batalhão de Choque, do Comando de Operações de Divisas (COD), e da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), prenderam sete acusados de tráfico de drogas, e de assassinato em Catalão. Além de porções de maconha, e de pedras de crack, já preparadas para a venda, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 que, confessou o jovem de 20 anos que estava com ele, foi usado para tirar a vida de um rival naquela localidade na terça-feira da semana passada. Todos os presos, segundo a PM, já possuíam antecedentes criminais, e estavam tirando a tranquilidade dos moradores da Vila Cruzeiro II, e do Jardim Primavera.

Ladrão dá prejuízo a donos de lojas do Setor Bueno
Um criminoso que já arrombou várias lojas no Setor Bueno no final do ano passado voltou a agir neste final de semana. A vítima, na madrugada de sábado, foi a dona de uma loja de sorvetes especiais, que teve um prejuízo superior a R$ 1.500, depois que o criminoso quebrou a porta de vidro do estabelecimento, que fica dentro de uma galeria, na Avenida T-4, e roubou dinheiro, alguns produtos, e danificou câmeras de segurança. Os comerciantes pedem uma maior presença da Polícia Militar pela região durante a madrugada, e esperam que a imagem captada no último arrombamento praticado por ele ajudem a Polícia Civil a identifica-lo, e prendê-lo.

Comentários