Cotidiano

Filhos são presos suspeitos de matar o próprio pai em Caldas Novas

Genitor era o principal suspeito de matar a mãe dos rapazes que estava desaparecida deste a noite de ontem

diario da manha

Dois rapazes foram presos em flagrante nesta terça-feira, 25, por policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Caldas Novos, como os principais suspeitos de matar o próprio pai.

De acordo com as informações divulgadas a polícia foi informada sobre o desaparecimento de uma mulher. Conforme a polícia, familiares procuram a polícia para relatar que um casal, sendo o homem de 54 anos e a mulher de 47, estavam com problemas, e que na noite anterior os dois teriam saído, mas a mulher não havia retornado e estava desaparecida desde então.

A polícia informou que os familiares também passaram a procurar pela desaparecida, e que os filhos do casal, dois rapazes de 26 e 28 anos respectivamente, encontraram o carro do pai nas proximidades da pista de aeromodelismo da zona rural da cidade. Após encontrar o carro do pai, os filhos levaram o mesmo para a chácara do genitor.

Segundo as informações da polícia, às 2h de hoje, os irmão chegaram ao local e encontraram o pai saindo do mato completamente nu. Os filhos então entraram em luta corporal com o genitor, e seguida o amarram em uma árvore e o agrediram com pedaços de pau.

Durante as agressões os dois irmãos teriam jogado óleo diesel no corpo do pai, mas não conseguiram colocar fogo nele. Conforme as informações divulgadas, os filhos questionavam ao pai sobre o paradeiro da mãe, mas sem obter respostas por parte do genitor.

A polícia informou que o pai dos irmão morreu no local, e que os rapazes fugiram em seguida. O corpo da mãe por sua vez foi encontrado na zona rural da cidade, nas proximidades do Rio Parapitinga. Os irmãos que fugiram do local do crime, foram presos horas depois em flagrante por homicídio qualificado. O GIH agora segue as investigações para determinar se a mulher foi assassinada realmente pelo marido.

Leia também:

tags:

Comentários