Cotidiano

Jovem é assassinado a facadas durante festa da virada em Montividiu

.

diario da manha

Um jovem de 22 anos foi morto com pelo menos três facadas durante uma briga generalizada nas festividades da virada do ano em Montividiu, na região sudoeste de Goiás. Vídeos e fotos feitas por outras pessoas que estavam no evento, e que registraram toda a confusão, devem ajudar a polícia a identificar o autor das facadas.

Nas imagens, amplamente divulgadas em grupos de whatsapp, é possível ver quando quatro jovens trocam socos e chutes em uma quadra de esportes, onde era realizado um show ao vivo. Em determinado momento, um jovem de maior estatura, posteriormente identificado como Bruno, é cercado e agredido por outros três homens.

Um dos agressores, porém, que estava armado com uma faca, aplica vários golpes na região do peito de Bruno. Ao perceber que este homem estava armado, os outros dois jovens que também participavam da briga se afastaram.

Mesmo ferido, Bruno ainda consegue dar alguns murros na cabeça do homem que estava com a faca, e, em determinado momento, recebe outro golpe, bem perto do coração. Ao perceber que a camisa de um dos envolvidos na confusão estava manchada de sangue, outras pessoas se aproximam, separam a briga, e avisam que ele estava ferido, ocasião em que o autor das facadas foge. Ao perceber a gravidade da situação, o vocalista da banda que se apresentava interrompe o show, e pede, no microfone, a presença da Polícia Militar.

Bruno ainda foi socorrido, e encaminhado para o Hospital Municipal de Montividiu, onde morreu poucos minutos depois. As imagens já foram entregues às polícias militar e civil, que esperam identificar o autor das facadas nas próximas horas. O assassinato causou comoção na cidade, e, pelas redes sociais, conhecidos da vítima afirmaram temer que o assassino seja liberado, caso se apresente de forma espontânea.

Corpo em Aparecida
Também no sábado, um catador de recicláveis encontrou o corpo de um homem em uma mata no Setor Comendador Chácaras São Pedro, em Aparecida de Goiânia. A suspeita é que o homem tenha sido assassinado, mas a polícia ainda não divulgou se havia sinais de violência no corpo dele.
Pelo estado em que se encontrava o corpo, a suspeita dos peritos é de que ele tenha sido morto na última sexta-feira. O caso já está sendo apurado por equipes do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

Rota 190

Ladrões de fazendas morrem em confronto
Dois revólveres, e duas porções de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar após troca de tiros com dois homens que, segundo a corporação, estariam aterrorizando donos de propriedades rurais, em Pirenópolis, e região. A troca de tiros aconteceu na GO-338, entre os povoados de Malhador e Placa. De acordo com os militares da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), Hiury Pires, e Deivid Vinícius estavam sendo procurados desde o início da semana passada, quando invadiram uma fazenda entre Anápolis e Campo Limpo, e, após fazerem os moradores reféns, fugiram roubando pertences, e dois carros. Os dois mortos, ainda segundo a PM, já possuíam inúmeros antecedentes criminais, e eram temidos na região.

Quadrilha que agia em Goiás é presa no Distrito Federal
Integrantes de uma quadrilha especializada em cometer furtos em shoppings e hipermercados de Goiânia, uma mulher de 25 anos, e dois homens, de 29 e 64 anos, foram presos pela Polícia Militar do Distrito Federal em Samambaia. Os policiais chegaram até os criminosos depois que uma mulher, que teve o celular roubado, conseguiu rastrear o aparelho. No carro em que estavam os criminosos, foram apreendidos, além do smartphone roubado da mulher dentro de um shopping de Goiânia, R$ 7.800 em dinheiro, aparelhos de celular sem chip, e várias peças de roupas, calçados, relógios, brinquedos, e jóias. Todas as vestimentas ainda estavam com as etiquetas das lojas que foram furtadas. Nomes e imagens dos três presos não foram divulgados.

Identificado homem que espancou cachorro em Itaberaí
A Polícia Civil já sabe quem é o homem, que, no final da semana passada, agrediu com um cinto, e também com chutes, um cachorro em Itaberaí, cidade distante 100 quilômetros de Goiânia. As agressões, ocorridas no Bairro Vila Redenção, foram filmadas por um morador da região. De acordo com a Polícia Civil, o agressor já foi intimado, e deve comparecer ainda hoje para prestar depoimento. Caso seja condenado por crime de maus tratos a animais, o agressor, que não teve o nome, nem a idade divulgados, poderá passar, de dois, até cinco anos na cadeia.

Comentários