Cotidiano

PM apura conduta de militar flagrado agredindo mulher em praça

A corporação disse em nota que soube do ocorrido por meio do vídeo divulgado nas redes sociais

diario da manha

A Polícia Militar (PM) instaurou um procedimento administrativo para avaliar a conduta de um policial suspeito de agredir a companheira, na noite de sexta-feira, 22, em uma praça da cidade de Mariana, na Região Central de Minas Gerais. A corporação disse em nota que soube do ocorrido por meio do vídeo divulgado nas redes sociais. Veja abaixo:

Nas imagens, é possível ver que o homem grita “sai fora” com dois homens que estavam se aproximando do casal. Conforme testemunhas, antes das agressões na rua, o casal estava em um restaurante. Eles discutiram e mulher entrou no banheiro e se trancou lá dentro. O suspeito chutou a porta pedindo para que ela saísse e já na praça, ele deu cotoveladas e empurrões na mulher. Quando algumas pessoas começaram a se aproximar, ele sacou a arma.

“O casal foi identificado e será intimado a comparecer em uma unidade policial para prestar esclarecimentos e, na oportunidade, será apurado se a vítima possui alguma lesão corporal passível de exame de corpo de delito”, disse a Polícia Civil em nota.

Confira a nota da PM na íntegra:

“O comando do 52º Batalhão de Polícia Militar, tomou conhecimento do vídeo divulgado nas mídias sociais e identificou o policial militar, determinou a instauração de um procedimento administrativo para a apuração dos fatos. A Polícia Civil instaurou um inquérito para a investigação do caso, uma vez que o policial militar se encontrava e horário de folga. A Polícia Militar acionou a Companhia de Prevenção a Violência Doméstica para o atendimento da mulher envolvida de acordo com o protocolo concernente a este tipo de ocorrência e ainda solicitou imagens de câmeras da cidade para auxiliar na elucidação dos fatos”.

Leia também:

Comentários