Cotidiano

Pastor acusado de abusar de três crianças é preso em Goiânia

O pastor, que ministrava em Itajá, utilizava-se de seu cargo para ganhar a confiança dos pais para deixarem seus filhos na casa dele para, segundo o acusado, assistir filmes

diario da manha
Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu um pastor nesta quarta-feira, 18, em Goiânia, por abusar, molestar, importunar sexualmente três crianças que possuíam idades entre 3 e 8 anos.

As investigações apontam que os abusos ocorreram em 2017 e 2018, quando o pastor, que ministrava em Itajá, utilizava-se de seu cargo para ganhar a confiança dos pais para deixarem seus filhos na casa dele para, segundo o acusado, assistir filmes.

Na sala, ele passava as mãos nas partes íntimas das crianças, introduzindo o dedo, além de colocar vídeos pornográficos para as vítimas assistirem. Quando foi confrontado pelos pais, o pastor negava as acusações e afirmava que uma “obra do demônio” influenciava os pensamentos das crianças.

Após os fatos, ele foi transferido pelo ministério religioso para outra cidade e acabou sendo encontrado e detido nesta quarta-feira pelos policiais em uma loja no Setor Campinas.

Leia também

Comentários