Cotidiano

Bailarina brasileira conquista prata em competição internacional de balé na Rússia

Amanda Gomes, conquista mais uma medalha em sua carreira Talento brasileiro em solo russo

diario da manha
Bailarina brasileira conquista prata em competição internacional de balé na Rússia — Foto: Divulgação/Zeuxis Gomes

A bailarina formada na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, Amanda Gomes, de 26 anos, atualmente solista da Ópera de Kazan, na Rússia, ganhou medalha de prata em uma das competições mais prestigiadas no cenário mundial da dança, “XIII Moscow Ballet Competition”, concurso que ocorre dentro do Teatro Bolshoi, em Moscou, de quatro em quatro anos.

Ela, junto com o também brasileiro, Wagner Carvalho, competiram contra jovens entre 18 e 27 anos do mundo todo.

A competição aconteceu entre os dias 3 e 10 de junho, e é conhecida entre os bailarinos como “a maior do mundo”, onde Amanda e Wagner venceram na categoria Duetos com os balés Diana e Action e Spartacus.

Neste sábado (11), a dupla recebeu a premiação, um certificado e um prêmio em dólares, e foi convidada para dançar na Gala dos Campeões, no palco do Teatro Bolshoi.

Desde 1969, esta é a 14ª edição da competição, que acontece, e este ano foi dedicada ao aniversário de 95 anos do diretor de arte e chefe do júri do concurso, o coreógrafo Yuri Grigorovich.

Amanda, deixou Goiânia aos 10 anos de idade para se formar na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville (SC). Ela recebeu medalha de ouro no 1º Festival Internacional de Dança de Goiás, em 2012, e logo seguiu carreira internacional por diversos países, como Holanda, Bélgica, França, Dinamarca, Alemanha, Estados Unidos, Turquia, Itália e vários outros.

Comentários