Cotidiano

Rio Verde comemora hoje 174 anos

Município se destaca no sistema cooperativista além das presenças de empresas nacionais e multinacionais

diario da manha
Rio verde é um dos grandes produtores de grãos da região Sudoeste de Goiás. Foto: (Prefeitura de Rio Verde)

Hoje, 5, Rio Verde, no Sudoeste Goiano, completa 174 anos. Neste dia em 1848 foi instalado o Município. A cidade fica a 220 km de Goiânia, a capital do Estado. O município e região foram palcos da implantação do agro e de toda a cadeia produtiva. São múltiplos os exemplos de iniciativas que impulsionaram o desenvolvimento sócio econômico. Insere aí o sistema cooperativista e a presença de empresas nacionais e multinacionais.

Com uma estimativa de 247.259 habitantes em 2021, sendo o 4º município mais populoso de Goiás, Rio Verde participou de 12 censos demográficos, segundo o IBGE, com sua população variando 4.176,9% de 1872 a 2010.

O município possui a maior participação no PIB agropecuário do Estado, se tornando o maior produtor goiano de suínos (2º maior do País), galináceos (8º maior nacional), milho (2º maior do País) e soja (6º maior do Brasil). Produz ainda em escala cana de açúcar, sorgo e feijão.

Embora forte o sistema rodoviário, a Ferrovia Norte – Sul entrou em operação em 2021, com embarque de cargas com destino ao porto de Santos. Isto favorece o transporte de grãos com destino a São Paulo, principal mercado, e à exportação, além de reduzir os custos.

 São mais de sete mil empresas, gerando cerca de 70 mil empregos. A Comigo é uma cooperativa agroindustrial, fundada em 1975. Possui dez unidades de armazenamento, com capacidade estática total de 855.400 toneladas. São mais de 4.000 cooperados e 1.600 colaboradores.  Seu presidente é Antonio Chavaglia.

O município conta com mais de 50 escolas próprias de primeiro grau, 24 escolas estaduais de primeiro e segundo grau e 20 particulares. Dispõe de cinco instituições de ensino superior.

Segundo o Google, a ocupação do Sudoeste Goiano se deu no início do século XIX com a isenção de pagamento de impostos por 10 anos para criadores de gado bovino e equino. Por volta de 1840, chegaram à região José Rodrigues de Mendonça, sua esposa Florentina Cláudia e seus filhos. Estabeleceram-se no que viria a ser a Fazenda São Tomás.

Em 25 de agosto de 1846, José Rodrigues e sua mulher doaram sete sesmarias de suas terras para o patrimônio da igreja e construção de uma capela em louvor a Nossa Senhora das Dores. Logo surgiu o arraial de Nossa Senhora das Dores do Rio Verde. Em 5 de agosto de 1848, através da Lei Provincial, a vila foi elevada à categoria de distrito de Rio Verde.

Comentários