Cultura

Educação

Luiz Carlos Amorim Especial para  Diário da Manhã

Tenho visto, de há bastante tempo, falarem em educação como se o significado da palavra não abrangesse instrução, ensino. Como se educação significasse apenas o bom relacionamento social. Já vi até professores dizerem que “professor não é educador, quem deve educar são os pais, em casa, pois o professor apenas transmite instrução, conhecimento”. É claro que concordo que a educação começa em casa, mas ela continua na escola, pois o professor é educador, sim, nos dois sentidos: ensinar, transmitir conhecimento e consolidar boas maneiras, o bom trato entre as pessoas.
Acho que algumas pessoas nunca foram ao dicionário para ver o que a palavra educação realmente significa. Se fossem, iriam constatar que educação é “aperfeiçoamento das faculdades físicas, intelectuais e morais do ser humano; disciplinamento, instrução, ensino; processo pelo qual uma função se desenvolve e se aperfeiçoa pelo próprio exercício; aperfeiçoamento integral de todas as faculdades humanas; conhecimento e prática dos usos de sociedade; civilidade, cortesia, delicadeza, polidez”.
Temos a mania de usar algumas palavras sem conhecer o seu exato significado, então pensamos que estamos dizendo uma coisa e estamos, na realidade, dizendo outra. Vemos isso até na imprensa, na televisão. Precisamos nos acostumar a ir ao lugar certo para consultar e usar as palavras de modo correto, que é o dicionário. Precisamos ler mais e escrever mais, cultivar sempre o hábito de ler e de escrever. E quem lê e escreve precisa ter ao seu lado, prontos para serem usados, um dicionário e uma gramática. Dicionário não é livro para decoração, para ficar enfeitando a estante ou prateleira.
Dicionário é livro para ser consultado sempre. Para que não caiamos no imperdoável pecado de deturpar, desvirtuar o sentido das palavras. Não podemos nos esquecer, então, que educação significa polidez, cortesia entre as pessoas, mas significa também instrução, aperfeiçoamento intelectual, aquisição de cultura. Sempre usei essa palavra com esses sentidos, pois eles são intrínsecos. Repetindo, então, educação é civilidade, bons costumes e aquisição de conhecimento. Para não esquecermos.

(Luiz Carlos Amorim é coordenador do Grupo Literário A Ilha em SC)

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro