Cultura

Em combate ao 'revenge porn', mulher compartilha fotos de si mesma nua

diario da manha

revengeporn1Era outubro de 2011 quando a dinamarquesa Emma Holten descobriu que tinha sido vítima do “revenge porn” quando se expõe fotos íntimas de uma pessoa na internet sem o seu consentimento.

Holten tinha 17 anos na época e seu agressor foi um ex-namorado que divulgou fotos suas sem roupa na rede. Após a divulgação das imagens, a garota recebeu e-mails raivosos e machistas. “Seus pais sabe que você é uma vadia?”, dizia uma das mensagens.

Três anos depois, a garota decidiu lidar com o trauma de uma maneira inusitada: colocando ela mesma imagens de si nua na internet. As fotos, tiradas pela fotógrafa Cecilie Bødker Jensen, foram feitas em seu apartamento, em situações cotidianas.

revengeporn4

Para ela, esse é um modo de retratar a si mesma como um ser humano e não um objeto sexual. Além disso, Holten espera que suas fotos contribuam na luta contra o “revenge porn”, forçando as pessoas a verem que fotos feitas com autorização são completamente diferentes daquelas compartilhadas sem o conhecimento da vítima, com a intenção de humilhá-la.

“Não há foto minha sexual, visual ou aceitável sem o meu consentimento. Sem a minha autorização há apenas violação”, afirmou Emma em entrevista à revista Elle.

 

 

revengeporn2

 

Comentários