Cultura

Vamos pro Cabaré?

diario da manha

Os cantores Leonardo e Eduardo Costa se apresentam juntos hoje, na Capital, em sua nova turnê 

Johny Cândido, Da editoria DMRevista

Noite de festa no cabaré, os cantores Leonardo e Eduardo Costa se reúnem no palco da Atlanta Music Hall com os sucessos do DVD Cabaré, que virou turnê. A ideia concretizada desse projeto virou uma turnê nacional, sendo uma homenagem que os sertanejos fazem as músicas românticas e sofridas do gênero. A apresentação acontece hoje, a partir das 22h, na casa de shows que fica na BR-153, Km 10, saída para São Paulo.

Engana-se quem pensa que as canções de “sofrência” são só para fazer referência às dores de cotovelo e traições, pois há quem veja as músicas como consolo e descontração. O show de hoje, inspirado no DVD gravado pelos cantores, foi gravado para resgatar os clássicos do mundo sertanejo, que é conhecido por muitas pessoas com música brega, mas que agrada muitos corações.

 

Cabaré

Eduardo Costa declara que é o único artista que veio do povo para a mídia, enquanto todos os outros foram da mídia para o povo
Eduardo Costa declara que é o único artista que veio do povo para a mídia, enquanto todos os outros foram da mídia para o povo

O projeto “Cabaré” é uma ideia que surgiu há quatro anos, durante conversa entre os dois amigos. Ficou engavetado porque até ano passado Leonardo e Eduardo Costa eram de gravadoras diferentes. Neste ano, após assinar contrato com a Sony (a mesma de Eduardo Costa), o projeto saiu do papel. A data da gravação e o local foram definidos em um bate-papo informal e a partir daí os artistas tiveram 40 dias para subir ao palco.

Com mais de 80 shows vendidos, em 2015 Eduardo Costa e Leonardo estão fazendo juntos a turnê de divulgação do DVD Cabaré. Para se dedicarem ao projeto, os amigos reduziram seus shows individuais e pisaram no freio quando o assunto é lançamento de músicas. O making of do trabalho foi divulgado pelo Talismã, escritório dos sertanejos.

“Os shows serão de dupla mesmo, iguais ou bem parecidos com o que está no DVD. Não será um show do Leonardo seguido por outro do Eduardo Costa, como já fizemos antes”, explicou Eduardo Costa ao Música Popular Sertaneja. Ele conta que praticamente todas as sextas e sábados deste ano já foram vendidas para o novo espetáculo.

Para a nova turnê, saem do repertório as músicas de carreira dos dois artistas e entram canções românticas, principalmente dos anos 1980 e 1990, que foram sucesso nas vozes de nomes como João Mineiro & Marciano, Matogrosso & Mathias, Teodoro & Sampaio, Chitãozinho & Xororó, Trio Parada Dura, Milionário & José Rico, entre outros. “São chavões da música sertaneja mesmo, aquelas músicas que remetem aos cabarés, aos puteiros”, explicou Eduardo Costa, que assina a produção musical do projeto ao lado de Leandro Porto e Romário Rodrigues.

O cenário em tons de vermelho, com escada, luminosos com lâmpadas com quê de decadência e cortinas plissadas. O projeto criado por Zé Carratu está na estrada, assim como seis bailarinas e suas danças sensuais inspiradas nas apresentações de dançarinas dos mais famosos cabarés do mundo, como o Moulin Rouge. A coreografia é assinada por Andréa Santos.

Mas talvez a parte mais emocionante, que por enquanto só vista pelos poucos convidados que assistiram à gravação do DVD, seja o fato de Leonardo, depois de muito tempo, ter alguém para fazer a segunda voz durante toda uma apresentação. “No começo dos ensaios estra-nhei um pouco porque já fazia algum tempo que não cantava em dupla. E o Eduardo disse que faria a segunda voz. Isso me lembrou o Leandro. Que saudade”, contou Leonardo no making of. Para finalizar, a direção-geral do DVD tem a assinatura de Joana Mazzucchelli.

CAPA - Turnê Cabaré (1)

Eduardo Costa do povo para a mídia

Edson Vander da Costa Batista é um cantor e compositor brasileiro de música sertaneja. Mais conhecido como Eduardo Costa, nasceu em Abre Campo, Minas Gerais, em família muito simples. Não se deixou intimidar pela vida sofrida que levava e, aos 12 anos de idade, saiu de casa em busca de seus sonhos: tornar-se um cantor da música sertaneja e melhorar as condições de vida de sua família. Morou em diferentes lugares, dentre eles no interior dos estados de Minas Gerais, Goiás e São Paulo.

Eduardo Costa declara que é o único artista que veio do povo para a mídia, enquanto todos os outros foram da mídia para o povo. Além de se declarar um multi-instrumentista. Toca viola, se exibindo fazendo malabarismos com o instrumento, tocando-o entre as pernas, nas costas, com um copo de cachaça, entre outras formas inusitadas. Suas maiores inspirações são Barrerito, do Trio Parada Dura -, do qual é fã, e também os artistas Gino e Geno, Chitãozinho e Xororó, Teodoro e Sampaio, Irmãs Freitas, Milionário e José Rico, Tião Carreiro e Pardinho, Liu e Léu, André e Andrade, e da dupla Zezé Di Camargo e Luciano.

Com a carreira em ascensão, o artista lançou seu primeiro DVD/CD gravado em novembro de 2006, em Belo Horizonte-MG. A música de trabalho Me Apaixonei foi sucesso em todo Brasil. O álbum vendeu mais de 500 mil cópias.

No dia 2 outubro de 2010 Eduardo Costa gravou seu segundo DVD, De Pele, Alma e Coração – Ao Vivo,  no Credicard Hall, em São Paulo. O trabalho foi lançado em 24 de fevereiro de 2011. O DVD contou com as participações de Belo, Paula Fernandes e a dupla Alex & Konrado. A música Quem É foi um dos singles mais tocados no primeiro semestre de 2011.

 

Leonardo e o sucesso atual

Leonardo contou que no começo dos ensaios estranhou um pouco porque já fazia algum tempo que não cantava em dupla
Leonardo contou que no começo dos ensaios estranhou um pouco porque já fazia algum tempo que não cantava em dupla

Emival Eterno da Costa nasceu em Goianápolis, no dia 25 de julho de 1963, mais conhecido como Leonardo. Em 1981, ele e o irmão Leandro (Luís José Costa) decidiram tentar a carreira artística e formaram a dupla sertaneja Leandro & Leonardo. No dia 23 de junho de 1998, Leandro faleceu, em decorrência de um câncer raro de pulmão e Leonardo partiu para a carreira solo. Já vendeu mais de 50 mi-lhões de discos. Leonardo é considerado o maior cantor sertanejo romântico do Brasil.

Devido a inúmeras dificuldades, a família mudou-se para Carmo do Rio Verde para tentar uma nova oportunidade. Infelizmente o rumo das coisas não foi o esperado e, por isso, a família retornou para Goianápolis, onde seu Avelino passou a traba-lhar como meeiro na lavoura de tomates. Desde pequeno, Leandro era o mais tímido, mas sonhava com uma vida melhor para sua família. Na plantação de tomates era ágil e na roça, o repertório obrigatório eram as músicas de Chitãozinho & Xororó. Seu Avelino, assim como Leandro, estava sempre acompanhado de sua viola, despertando nos garotos a atenção para a música. Leonardo, por sua vez, sempre muito elétrico e animado, apesar das diversas brincadeiras, tinha um lado sério e dava um jeito de ganhar mais realizando trabalhos extras, e sonhava com uma vida melhor para toda sua família.

Novamente, devido às dificuldades vividas, a família foi obrigada a deixar sua cidade natal e partir para Goiânia. Leonardo cantava somente no trabalho, mas aos poucos, junto com Leandro, começaram a ensaiar como dupla e decidiram, com o apoio de toda a família, voltar para Goiânia para tentar carreira na música. Chegando à capital, os dois meninos logo arrumaram emprego para se sustentar. Leonardo trabalhava em uma farmácia e Leandro no Mercado Central. Todos os minutos de folga eram dedicados aos ensaios. Tio Zé, irmão de dona Carmem, viajou com eles e se encarregava de conseguir apresentações para a dupla, assim como Anselmo, patrão de Leonardo. Foi nessa época que o nome da dupla foi escolhido. Ao saberem que um dos funcionários da farmácia teve filhos gêmeos batizados de Leandro e Leonardo, não tiveram dúvidas.

O primeiro disco, gravado com recursos próprios e a ajuda de amigos, saiu em 1984, e tinha como destaque a música Hoje Acordei Chorando. O disco era vendido nos bares onde cantavam. Em busca da realização profissional, Leandro & Leonardo constantemente viajavam a São Paulo, com a ajuda financeira de um joalheiro de Goiânia, para tentar um contrato com alguma gravadora. Nessa época, a música Contradições (Martinha e César Augusto), gravada no disco Leandro & Leonardo, de 1986, começava a ficar conhecida.

Mas o sucesso da dupla aconteceu com o hit Entre Tapas Beijos, gravado no terceiro disco. No quarto volume Leandro & Leonardo, lançado em 1990, a canção Pense em Mim bateu todos os recordes de execução nas rádios, dando uma repercussão ainda maior para a dupla, que, neste momento, conquistava todos os brasileiros.

Em 1995, a dupla se uniu a Chitãozinho & Xororó e a Zezé di Camargo & Luciano para apresentar um dos programas mais bem-sucedidos da Rede Globo, o Amigos, que surgiu na programação como um especial de fim de ano e que, posteriormente, devido à grande audiência, começou a ser transmitido semanalmente na grade da emissora.

O resultado da atração foi tão positivo, que o encontro das três duplas gerou a produção de quatro CDs Amigos, que venderam milhões de cópias em todo o Brasil. No auge do sucesso e perto de lançar o disco Um Sonhador, Leandro começou a sentir-se mal e após muita luta não resistiu a um câncer de pulmão e faleceu no dia 23 de junho de 1998. Depois de ter recebido a homenagem de milhares de fãs em São Paulo, ele foi enterrado aqui na Capital, onde também recebeu o carinho de parentes e amigos. Leonardo, depois de receber o apoio dos familiares, amigos e fãs da dupla, lançou, em 1999, seu primeiro disco solo intitulado Tempo. Atualmente, após 11 CDs e 4 DVDs lançados, Leonardo soma a marca de mais de 15 milhões de cópias vendidas, e concretiza o sonho de dar continuidade à carreira da dupla Leandro & Leonardo.

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro