Cultura

Escritora Maria Luíza Medeiros Barros lança livro em noite de autógrafos

diario da manha

Aos 89 anos, Maria Luíza Medeiros mantém acesa a chama da paixão pela escrita. A escritora lançou, no último dia 12, sua quinta publicação: A Primogênita. No livro de 111 páginas, a escritora mineira radicada em Goiânia reuniu histórias da trajetória pessoal e profissional ao longo de sua vida.

Em tempos de registros virtuais e efêmeros, Maria Luíza mostra em sua mais recente obra, a graça e importância dos registros físicos. “A Primogênita” narra acontecimentos importantes de sua vida e reúne um acervo de fotografias, documentos, cartas e poemas que leva o leitor a se emocionar com sua trajetória, desafios, reconhecimentos e experiências que viveu ao longo de seus quase noventa anos de vida.

Editado em Goiânia, pela Editora América, o livro ‘A Primogênita’ tem como principal personagem a própria escritora. Na publicação, Maria Luíza relembra os momentos mais importantes de sua vida com histórias, diálogos, fotos e depoimentos. “Esse livro significa a minha vida, são os aspectos mais proeminentes da minha história e o fiz com muito carinho”, revela emocionada.

A noite de autógrafos aconteceu no salão do Edifício Pontal Nova Suíça, com a presença de amigos, familiares, personalidades do cenário cultural e literário, além de admiradores da autora. Durante a agitada noite de autógrafos, Maria Luíza foi prestigiada por muitos admiradores, familiares e amigos, entre eles os representantes da Fundação Logosófica, fundada com a contribuição da escritora, os arquitetos Sebastião Damasceno e Marcílio Lemos, além do prestigiado chef Bruno Silva.

A ideia do livro com suas memórias surgiu após o pedido de uma de suas bisnetas, de apenas cinco anos. Como tarefa escolar, a menina pediu à avó que escrevesse sobre a sua vida. A partir daí, surgiu na neta o desejo de conhecer mais sobre a vida da avó escritora e em Maria Luíza o entusiasmo em contar suas histórias para a pequena. “Rememorar a minha história muito emocionante, em alguns momentos foi relembrar a história do nosso país, reencontrar fotos e momentos muito importantes”, explica a escritora.Os livros estão disponíveis para aquisição na lavanderia Lava e Leva, rua T-46, Setor Oeste.

A autora

Nascida em Minas Gerais, Maria Luíza veio para a capital goiana ainda jovem, para acompanhar o esposo goiano. Cursou letras e foi professora do ensino primário na década de 70 e fundadora da Fundação Logosófica de Goiânia. Seu primeiro contato com a literatura foi na década de 80, quando decidiu finalizar e publicar o livro de seu esposo, após sua morte. Desde então, a escritora se dedica à literatura e além de participações em antologias poéticas e concursos de contos, já publicou os seguintes livros:

– Docência Logosófica (finalização e publicação)

– Momentos (poemas)

– Na Garganta do Monte Aghá (contos e crônicas)

– Oscilações (poemas)

– Elo – O Tempo e a Vida – La Serpiente Emplumada (romance)

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro