Cultura

Festival reúne nomes consagrados do blues e jazz na capital

Festival BB Seguro Jazz e Blues reúne na capital nomes do calibre de Lil Jimmy Reed, Hermeto Pascoal, Blues Etílico e Pepeu Gomes

diario da manha
Banda Blues Etílicos - Foto: Guarim de Lorena

Caras consagradas do jazz e blues estarão hoje em Goiânia, das 14h às 22h, no Parque Antônio Veiga Jardim (próximo ao autódromo Ayrton Senna) para a 5º edição – a primeira realizada na capital goianiense – do Festival BB Seguros de Jazz e Blues.

A atração que melhor personifica a importância desse festival em terras goianas é a apresentação do bluesman da geração de ouro, Lil Jimmy Reed, 80, um dos maiores expoentes do gênero em todos os tempos. 

Também haverá espaço para o preciosismo musical de Hermeto Pascoal, 83, a genialidade rítmica e melódica  do guitarrista Pepeu Gomes, 67, e a bleusera clássica e célebre da cultuada banda brasileira Blues Etílico.

Além disso, o line-up do festival contará com tributo feito pela banda O Bando ao gênio Eric Clapton – considerado um dos melhores guitarristas da história do rock – e ainda clássicos do jazz e blues ganharam releituras da Jazz Band, formada especialmente para o evento. 

Em entrevista ao Diário da Manhã, o músico Flávio Guimarães, 55, integrante da banda Blues Etílico, diz que o público da capital está familiarizado com o blues há anos, e que o grupo do qual faz parte é figura carimbada do BB Seguros Jazz e Blues desde suas primeiras edições.

Segundo ele, que gravou com a banda DVD ao vivo no Bolshoi Pub, na capital, o festival conta com curadoria qualificada que levam “o que há de melhor nesses estilos musicais nas diversas regiões do País”.

“Meu nome é Flavio Borges Guimarães. Sou sobrinho neto de Pedro Ludovico, fundador da cidade. Dona Gercina era irmã de minha avó Maria e sou primo em segundo grau de  Mauro Borges, governador cassado durante o regime militar”, relata Guimarães, que é fã do músico americano Muddy Waters.

Questionado por este DM sobre a importância do festival em tempos ríspidos à classe artística, o músico afirmou que “a música, o cinema, o teatro e as artes em geral são prioridades em qualquer nação bem sucedida”. 

“O antagonismo e as ameaças constantes a esses segmentos enfraquecem uma imensa cadeia produtiva e econômica que vai muito além dos “artistas” em si”, afirma o gaitista, ressaltando a importância do setor para a economia do País.

“Atacar essa cadeia econômica é um tiro no pé que irá gerar desemprego, diminuição de arrecadação de impostos e do consumo, aumento da informalidade e uma série de outros revezes à nossa economia”, complementa, em tom crítico.

Hermeto Pascoal – FOTO: BB SEGUROS JAZZ E BLUES

Grandes nomes

Ao longo de sua história, o Festival BB Seguros Jazz e Blues apresentou em seus palcos nomes de peso no cenário nacional e internacional, como Stanley Jordan, Al Di Meola, Robert Cray, Steve Guyger, Jimmy Burns, Louis Walker, Leo Gandelman, Steve Guyger, Toninho Horta, Renato Borghetti, Maria Gadú, entre outros.

Neste ano, o BB Seguros de Blues e Jazz comemora sua 5º edição e reafirma o sucesso de público que pode ser constatado em outras cidades. 

Com presença garantida na agenda cultural de diversos outros centros do País, como São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte, o evento chegou também neste ano a Manaus e Goiânia.

Ao todo, tem presença em oito cidades, nas cinco regiões do País. E, dessa forma, consolidou-se como o maior festival de Blues e Jazz do Brasil, tanto no quesito abrangência e público total. 

Nestes seis anos em que existe, a programação musical do evento não foi fixa, e sempre mudou de um lugar para o outro. Isso porque, de acordo com a organização do festival, a curadoria busca dar autenticidade ao BB Seguros Jazz e Blues.

Tanto que a ideia para a primeira edição realizada em Goiânia teve como norte o objetivo de montar um line-up com os principais nomes que passaram pelos palcos do evento aos últimos anos.

Assim, o estalo na hora de criar o conceito que permeia o BB Seguro Jazz e Blues é bem simples: um dia para curtir no parque, com a família, amigos e, é claro, porque ninguém é de ferro, saboreando a boa e velha cerveja.

Para que o clima seja ainda mais agradável, as apresentações precisam ser realizadas sempre ao ar livre, tendo espaços que permitam uma boa convivência social.

Serviço:

Festival BB Seguro Jazz e Blues

Quando: Hoje

Horário: das 14h às 22h

Onde: Parque Marcos Veiga

Endereço: Av. Ayrton Senna, Setor Alphaville Araguaia

Entrada Franca

BB Seguros Jazz e Blues em Brasília – FOTO: REPRODUÇÃO

Programação

14h00 – Festival BB Seguros Jazz Band

14h30 – Fabiano Chagas

15h35 – Tributo Eric Clapton com O Bando

16h40 – Blues Etílicos

18h00 – Pepeu Gomes em um show instrumental

19h10 – Hermeto Pascoal

20h30 – Lil Jimmy Reed

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro