Cultura

Fernanda Montenegro, sobre momento atual no Brasil

Atriz fala ao Canal Brasil e diz que 'sem a cultura das artes, não existe país' e que 'estamos vivendo uma hora muito desbaratinada'

diario da manha

A gravação foi realizada pelo cineasta Andrucha Waddington, genro da atriz, direto da casa da família em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, onde estão passando a quarentena. Na primeira parte do depoimento, Fernandona conta como está lidando com a rotina atípica e, quando questionada sobre o futuro dos artistas e das artes, desabafa: “Não sei, só sei que não vou me acalmar. Se eu ainda tiver raciocínio e força, estarei em ação. É uma ambição minha.”

Durante o bate-papo, a dama do cinema e da dramaturgia do Brasil também reforça a importância das artes e diz que não existe sociedade sem artista. “Sem a cultura das artes, não existe país. Estamos vivendo uma hora muito desbaratinada. Não temos perfil, estamos jogados fora”, explica Fernanda Montenegro.

“O artista não perde sua importância nunca”, afirma Fernanda Montenegro (foto) em entrevista exclusiva ao Canal Brasil, que vai ao ar em duas edições do Cinejornal.

Comentários