Cultura

Mais petiscos para Vila Boa

Com intuito de fortalecer o comércio local e dar mais opções gastronômicas à Cidade de Goiás, começa hoje o Festival Bora Petiscar. Evento conta com participação de 23 estabelecimentos

diario da manha
Chorizo do Chef: Bife de Chorizo com molho de chimichurri fresco, servido sobre cama de PurÊ de batata com parmesão - Foto: Fernando Arkanjo

Rariana Pinheiro

Nada como sentar em um dos bares da Cidade de Goiás e observar suas paisagens históricas ou belezas naturais. É bem verdade que este prazer foi bastante tolhido pela pandemia. Agora, neste momento de retomada, com as pessoas de novo nas ruas, acontece um evento que promete aquecer o setor. Trata-se do Bora Petiscar – Festival de Gastronomia de Boteco da Cidade de Goiás, que conta com recursos da Lei Aldir Blanc e apoio da Prefeitura da cidade de Goiás, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e da Secretaria de Cultura.

A abertura oficial acontece nesta sexta, 29, no Mercado Municipal, com apresentação do evento e o show Forró-Pé-de-Serra Poninha e Convidados. Mas o evento segue até o dia 28 de maio. Seguindo os moldes das competições de comidas de boteco já existentes, em seu decorrer, os clientes vão poder saborear os pratos dos 23 bares, restaurantes e lanchonetes participantes e também escolher o que mais gostou.

Cada bar preparou um petisco para concorrer no festival. Tem pratos exclusivos, como o Santo Bolinho, bolinho cremoso de Cabotiá com carne seco, do Balneário Santo Antônio e o Bolinho Federal (bolinho de carne seca), do Mistura Fina- Restaurante e Comida de Boteco. Tem também alguns mais diferentes, a exemplo da porção Tracarraia, do Restaurante e Lanchonete Tracajá, uma porção de arraia empanada.

Outros, mais sofisticados, como o prato do Restaurante Acácias, o Chorizo do Chef, participa com bife de chorizo com molho de chimichurri fresco, servido sobre cama de purê de batata com parmesão. Ou o Ouro Fino, bar e restaurante tradicional da antiga capital, com sua Focaccia de Ouro, traz a focaccia com mussarela acompanhada por alcaparras, alecrim, azeite orégano e manjericão.

Há quem também optado por decidir investir no básico infalível, como o Bar da Ilma, que compete com seu famoso filé de tilápia com cebolas empadas. O festival abriu espaço até para os sanduíches, como da Casa Dodô (Sanduíche Dodô) e Boutique das Carnes (Bruto na Brasa) e pastel da feira do João Francisco de carne, que vão bem também no pós boteco. 

Segundo os organizadores, os petiscos vão ficar disponíveis para consumo dos clientes no cardápio dos bares e restaurantes durante todo festival. Em cada espaço vai haver uma urna de votação e, assim, ao pedir o prato, o cliente vai ter a chance de dar uma nota ao petisco.  Além disso, um júri selecionado também vai dar as notas aos pratos. Após apuração dos votos, o ganhador irá receber o troféu Joaquina Martins (homenagem a umas das cozinheiras mais famosas da cidade, que faleceu ano passado) e um prêmio no valor de R$ 1.200,00.

No dia 28 de maio, encerramento do festival, será realizado ainda uma Vila Gastronômica no Quartel do XX, em que o público terá mais uma chance de se deliciar com os petiscos do festival. O encerramento também vai contar com um show de samba.

De acordo com os idealizadores do evento, o projeto tem o intuito de promover a culinária goiana, incentivando a criação de novos pratos e sabores e, assim, fazer com que moradores e turistas conheçam as diversas possibilidades gastronômicas que a nossa cidade possui. Outra pretensão é impulsionar, gerar movimento e divulgação dos bares e restaurantes da cidade, um dos setores mais prejudicados pela pandemia.

Participantes

Artesanal Hamburgueria – Bolinho Red River – bolinho crocante de queijo

Ateliê Aroma Café com Arte – Camarão Crocante acompanhado por molho picante

Balneário Santo Antônio – Santo Bolinho – bolinho cremoso de abóbora Cabotiá recheada com carne seca

Bar do Adão – Porção Pé-de-Serra – pedaços de peixe tambaqui frito 

Bar dos Artistas – Esconderijo dos Artistas – escondidinho de Mandioca com carne seca.

Bar da Ilma – Pescado da Dona Ilma – Porção de Filé de Tilápia Acompanhado por cebolas empanadas.

Bar do Luiz – Disco do Luiz – disco de carne moída com tempero especial

Boteco dos Bastos – AABB – Trio Parada Dura – Porção de quibe, batata frita e frango a passarinho

Boutique das Carnes – Bruto na Brasa – Hambúrguer , mussarela, cheddar, molho, cebola caramelizada, salada, pão artesanal.

Casa Dodô – Sanduíche Dodô – Sanduíche de pernil suíno desfiado e cozido no café, pão caseiro, queijo e um toque da geleia especial da Casa Dodô feita à base de abacaxi e pimenta calabresa.

Cora Café Bistrô – Quibe Sonho de Cora – quibe acompanhado por molho rosê à moda da casa.

Espaço Ouro Fino – Focaccia de Ouro – Focaccia com mussarela acompanhada por alcaparras, alecrim, azeite orégano e manjericão.

Mistura Fina – Restaurante e Comida de Boteco – Bolinho Federal – bolinho de carne sol.

Pastel da Feira – Gosto de Domingo – Pastel recheado por carne moída e mussarela

Pizzaria do Mercado – Italiana a Palito

Portal da Pizza – Caldo do Chafariz _ Caldo de Vaca Atolada

Restaurante das Acácias – Chorizo do Chef – Bife de chorizo com molho de chimichurri fresco, servido sobre cama de purê de batata com parmesão!.

Restaurante Tracajá – Tracarraia – porção de arraia empanada acompanhada por salada e molho de pimenta tabasco.

Rota 164 – Frango no Copo – coxinha de frango frita, no copo

Tapioca do Cerrado – Porquito –  Mini disco de lombo suíno, recheado com queijo. Acompanhado por molho barbecue.

Tempero e Arte – Carioca – Filé a Palito à la Carioca – File a palito acompanhado por: mandioca, tomate, queijo minas e azeitona.

Tempero e Arte – Rodovia – Filé de Tilápia

Varanda Gastrobar – Porção Tô de Boa- Porção de peixe tambaqui frito (tamanho opcional do cardápio) acompanhada de arroz, salada de folhas e o molho verde da casa.

tags:

Comentários