Cultura

Confira a programação completa

1° Festival Internacional de Cinema de Goiânia reúne filmes abalados em sessões online e gratuitas para ajudar público a problematizar Brasil contemporâneo e entender goianidade

diario da manha

Filme de Abertura: disponível a partir das 19h, 

– Primavera Púrpura, de Silvana Beline. 72’. Doc. Goiás.

Mostra Ruptura

– La Taza Rota, Esteban Cabezas. 80’. Fic. Chile.

– O Melhor Lugar do Mundo é Agora, de Carlos Alberto Ciocler. 74’. Híb. São Paulo.

– Trem do Soul, de Clementino Júnior. 83’. Doc. Rio de Janeiro.

– Territórios de Resistência – Florestanias, Sertanias e Ribeirias, de Maria Thais Lima Santos e Yghor Boy Carlos de Lacerda. Documentário. 102’. São Paulo

– Office, de Marine Pichon. 09’. Fic. França.

– Passage, de Ann Oren. 13’. Experimental. Alemanha.

 – Antiquíssimo, de Laura de Freitas Oliveira. 06’. Fic. Goiás.

– Por Dentro, de Gustavo Silvestre e Larry Machado. 15’. Exp. Goiânia.

– Dois garotos que se afastaram demais do Sol, de Cibele Appes de Sousa Coelho e Lucelia Sérgio da Conceição. 29’. Ficção. São Paulo.

– Abdução, de Marcelo Lin e Marcelo José Ferreira Gomes. 35’. Fic. Belo Horizonte.

– Futuros Amantes, de Jessika Goulart. 15’. Fic. Rio de Janeiro.

Mostra Origens

– Bento, de Robney B. Almeida. 89’. Fic. Goiânia.

– Vento Seco, de Daniel Nolasco. 110’. Fic. Goiânia.

– Primavera Púrpura, de Silvana Beline. 72’. Doc. Goiás.

– Capim-Navalha, de Michel Queiroz. 16’. Doc. Goiás.

– Três Vidas, Uma História, de Arthur Cintra. 17’. Doc. Goiás.

– Tic Tac, de Luara Moraes Leão. 06’. Híb. Goiás.

– Quando Você Está Aqui, de Victor Vinícius do Carmo. 10’. Fic. Goiânia.

– Em Busca, de Netto Mello. 06’. Fic. Goiânia.

– A Última Valsa, de André Srur. 22’. Fic. Goiânia.

Mostra Infantil

– Meu Nome é Maalum, de Luísa Copetti. 08’. Anim. Rio de Janeiro.

– A Melhor Versão de Mim, de Kallyo Aquiles. 23’. Fic. Brasília.

– Ewé de Òsányìn: O Segredo das Folhas, de Pâmela Peregrino. 22’. Anim. 2021, Água Branca/AL, Paulo Afonso /BA, Porto Seguro/BA, Itaboraí/RJ.

Mostra Acessibilidade

– Quatro Bilhões de Infinitos, de Marco Antonio Pereira. 14’. Fic. Cordisburgo. 2020.

– Serrado, de Cezar Filho. 13’. Doc. Goiânia. 2020.

– Caso Aparte, de Bruno Ciancaglini. 15’. Híb. Buenos Aires. 2020.

– O Banho, de Ricardo Gonçalves. 1’. Anim. São Simão/GO. 2022.

Comentários